Fique de Olho: inflação oficial fecha 2015 em 10,67%; indústria alemã recua 0,3% em novembro

LinkedIn

A inflação oficial do país, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fechou o último mês de 2015 com variação de 0,96%, contra alta de 1,01% em novembro. Com isso, o IPCA fechou 2015 em alta acumulada de 10,67%, maior taxa desde 2002. Em 2014, o índice fechou em alta de 6,41%. Mesmo com a desaceleração de novembro para dezembro, a taxa do último mês de 2015 foi a mais alta para o mês de dezembro desde os 2,1% de dezembro de 2002. Em dezembro de 2014, ela chegou a 0,78%.

IPC-S acelera alta a 0,99% na 1ª semana de janeiro, aponta FGV

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,99% na primeira semana de janeiro, ante alta de 0,88% na última semana de dezembro, apontou hoje a Fundação Getulio Vargas (FGV).

BB reabre crédito para microempresas financiarem pagamento de tributos

O Banco do Brasil reabriu o financiamento de pagamento de tributos de micro e pequenas empresas até o fim de março. A instituição reabriu a linha de crédito para as empresas do segmento, que também financia a compra de matérias primas e oportunidades de negócios. De acordo com o BB, a reabertura da linha atende à demanda dos empresários, principalmente comerciantes, que precisam de recursos para quitar os tributos incidentes no início do ano. Segundo o banco, o aquecimento das vendas de Natal, as compras de férias e de volta às aulas elevam o faturamento do comércio nesta época do ano, aumentando também o volume de impostos.

Receita abre consulta a lotes residuais de 2008 a 2015

A Receita Federal abre hoje consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física de janeiro. Ao todo, serão desembolsados R$ 450 milhões para declarações de 2008 a 2015. A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições. As restituições terão correção de 9,79%, para o lote de 2015, a 78,29% para o lote de 2008.

Crise reduz desembolsos do BNDES para logística

O Departamento de Logística do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou, em 2015, queda no volume de gastos para o setor em função da crise econômica. Os recursos caíram de R$ 11,5 bilhões, em 2014, para R$ 8,3 bilhões, informou ontem à Agência Brasil o gerente do departamento, José Dalto. Ele disse que os desembolsos foram distribuídos em 2015 para projetos dos quatro principais modais, sendo 32% para ferrovias, 26% para rodovias, 22% para portos e 17% para aeroportos. O restante se destinou, em sua maioria, à construção de embarcações para navegação em rios, que tem pequena participação no total de liberações.

Produção industrial alemã cai 0,3% em novembro

A produção industrial da Alemanha caiu 0,3% em novembro na comparação com outubro. O resultado veio bem abaixo do aguardado pelo mercado, que estimava alta de 0,5% no mês. Na comparação com o mesmo período de 2014, novembro ficou em alta de 0,1%, contra expectativa de alta de 0,5%. A revisão do resultado de outubro, entretanto, subiu: de alta de 0,2% para 0,5%.

Com informações da Reuters e da Agência Brasil.

Deixe um comentário