Petrobras: Ações despencam em NY depois de resultado

LinkedIn

As ações da Petrobras (BOV:PETR4) amanhecem em forte queda de 7% na bolsa de valores de Nova Iorque após a companhia anunciar ontem à noite um prejuízo de R$ 34,83 bilhões em 2015, ainda maior do que o prejuízo de R$ 21,58 bilhões do ano anterior. Além das perdas anuais, o endividamento da companhia não pára de crescer: R$ 435,5 bilhões ao final de 2015, 36,3% maior na comparação anual. Aldemir Bendine, presidente da Petrobras, afirmou que o resultado da companhia foi muito impactado pela queda do preço do petróleo e pela desvalorização cambial e, pelo segundo ano consecutivo, a companhia não fará o pagamento de dividendos aos seus acionistas.

Outras notícias importantes do dia

• A Petrobras (BOV:PETR4) concluiu a perfuração e a avaliação de um novo poço no pré-sal da Bacia de Santos, confirmando a descoberta de óleo de elevada qualidade (28 graus API) e a maior coluna de óleo descoberta em Libra até o momento, medindo 301 metros de espessura.

• A Petrobras (BOV:PETR4) confirmou ontem que o seu seguro pagou os honorários da defesa do ex-diretor Nestor Cerveró no processo que analisa a aquisição da refinaria de Pasadena, enquanto Cerveró ainda não era réu no processo decorrente da Operação Lava-Jato.

• A Petrobras (BOV:PETR4) esclareceu ontem que o processo competitivo para a venda da BR Distribuidora ainda encontra-se em andamento, sem a administração da companhia tomar alguma decisão no sentido da venda do controle da subsidiária.

• A Raia Drogasil (BOV:RADL3) lançou um programa de ADRs (American Depositary Shares) sob o código RADLY, a serem negociadas no mercado de balcão (OTC).

• A Tecnisa (BOV:TCSA3) registrou lucro consolidado de R$ 292,90 milhões em 2015 (+38,3% em 12 meses).

• O BCB (Banco Central do Brasil) realizou ontem uma operação de swap cambial reverso, tipo de operação que não fazia em três anos, para desmontar posições vendidas no câmbio segundo analistas. Como resultado, a moeda norte-americana fechou em alta de 0,8% ontem.

• A Apple (NASDAQ:AAPL) lançou ontem o iPhone SE, modelo com tela de 4 polegadas e menor custo, e uma nova versão do iPad Pro com tela de 9,7 polegadas.

• As ações da Vigor (BOV:VIGR3) dispararam ontem (+129,7%) após a companhia anunciar que sua controladora atribuiu o preço de R$ 25,00 por ação na oferta pública para aquisição de suas ações.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 22-03-2016. Acesse a versão completa do Bom dia ADVFN por este link: Clique aqui.

Deixe um comentário