Rombo na Petrobras: Justiça julga hoje processo bilionário

LinkedIn

O Tribunal Superior do Trabalho julga hoje a matéria sobre o adicional de periculosidade aos trabalhadores da Petrobras (BOV:PETR4), objeto de controvérsia após uma mudança na política de remuneração da companhia há uma década atrás. A Petrobras possui um passivo potencial de R$ 162,09 bilhões em processos judiciais não provisionados, segundo o balanço do ano de 2015. Os de natureza trabalhista somam R$ 22,07 bilhões.

Outras notícias importantes do dia

• A Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (ARSESP) autorizou a Sabesp (BOV:SBSP3) a aplicar um índice de reajuste tarifário de 8,4478% em relação às tarifas vigentes.

• Após o Dólar (FX:USDBRL) perder os R$ 3,50 no pregão de ontem, menor valor em oito meses, o BCB (Banco Central do Brasil) decidiu dobrar o tamanho do leilão de swap cambial reverso para esta sessão, tentando segurar a desvalorização da moeda norte-americana.

• A Contax não conseguiu quorum previsto em lei para instalação da assembleia geral extraordinária. A conversão de ações preferenciais em ordinárias e o grupamento das ações de emissão da companhia, caso aprovados, serão operacionalizados após uma nova assembleia no dia 20 de abril.

• Com a derrota do Governo no parecer sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff ontem, a votação do processo de impeachment no plenário da Câmara deve ser iniciada nesta sexta-feira, com a votação final já neste domingo.

• A receita líquida do Pão de Açúcar (BOV:PCAR4) atingiu R$ 17,75 bilhões no primeiro trimestre de 2016, crescimento de 3% na comparação com o mesmo período do ano passado.

• Em sua prévia operacional do primeiro trimestre deste ano, a Direcional (BOV:DIRR3) apresentou o lançamento de dois projetos, com total de 488 unidades e valor geral de venda de R$ 101 milhões.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 12-04-2016. Acesse a versão completa do Bom dia ADVFN por este link: Clique aqui.

Deixe um comentário