Dollar Week: Dólar caiu 0,16% na terceira semana de Novembro de 2016

LinkedIn

Ao longo da quadragésima sexta semana de 2016 (terceira semana de Novembro), o preço do dólar negociado no Brasil acumulou uma desvalorização de 0,16% ante o real. Foi a vigésima quarta variação semanal negativa da moeda norte-americana no ano, contra vinte e duas positivas. Nos últimos quatro pregões, foram dois pregões de alta contra dois de baixa.

O dólar encerrou a semana negociado a R$ 3,3845 para compra e a R$ 3,3870 para venda.

No mês novembro, após doze pregões, a moeda norte-americana acumula uma valorização de 6,18%. São cinco pregões de alta contra sete de baixa. No último pregão de outubro, o dólar fechou cotado a R$ 3,1890 para compra e a R$ 3,1900 para venda.

Em 2016, após duzentos e vinte pregões, o dólar acumula uma queda de 14,21% ante o real. São noventa e nove pregões de alta contra cento e vinte e um de baixa. No ano passado, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,9470 para compra e a R$ 3,9480 para venda.

 

Variação diária do dólar na quadragésima sexta semana de 2016

Data Compra Venda Variação % Variação
18/11/16 3,3845 3,3870 -0,93% -0,0319
17/11/16 3,4173 3,4189 -0,08% -0,0028
16/11/16 3,4193 3,4217 -0,56% -0,0191
15/11/16 3,4402 3,4408 0,00% 0,0000
14/11/16 3,4402 3,4408 1,43% 0,0485

 

O dólar em 14 de Novembro de 2016, segunda-feira

O dólar fechou em alta pelo quarto pregão seguido nesta segunda-feira, atingindo o patamar de R$ 3,44. Mais uma vez, o mercado de câmbio reagiu mal ao cenário de incerteza após a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, com os investidores revendo suas posições de investimento em países emergentes, como o Brasil.

Dólar sobe forte pelo quarto pregão seguido, encerrando o dia negociado a R$ 3,44

 

O dólar em 15 de Novembro de 2016, terça-feira

O mercado de câmbio brasileiro não funcionou nesta terça-feira em função do Feriado da Proclamação da República.

 

O dólar em 16 de Novembro de 2016, quarta-feira

O dólar interrompeu a sequência de quatro altas seguidas e fechou em queda nesta quarta-feira, mas ainda acima do patamar de R$ 3,40. A queda no preço do dólar ocorreu em meio a maior atuação do Banco Central (BC) no mercado câmbio para tentar conter a volatilidade da moeda norte-americana após a incerteza global provocada pela vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Banco Central atuou com firmezanesta quarta-feira, fazendo dólar recuar após quatro pregões seguidos de alta

 

O dólar em 17 de Novembro de 2016, quinta-feira

O dólar caiu em relação ao real nesta quinta-feira, mas a queda perdeu força no final do pregão após o discurso da chefe do Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos. Janet Yellen afirmou que os juros no país podem subir relativamente em breve se os dados econômicos continuarem indicando melhora do mercado de trabalho e inflação em alta. No cenário local, o Banco Central do Brasil (BC) voltou a atuar, contribuindo para a desvalorização da moeda norte-americana.

Dólar fechou em leve queda nesta quinta-feira, com mercado de câmbio de olho no Fed e no Bacen

 

O dólar em 18 de Novembro de 2016, sexta-feira

O dólar fechou em queda em relação ao real nesta sexta-feira, influenciado pela intervenção do Banco Central (BC) no mercado de câmbio brasileiro. A queda só não foi maior em função das apostas entre os investidores de que os juros nos Estados Unidos devem ser elevados em breve.

Dólar caiu nesta sexta-feira puxado por atuação do Banco Central

Deixe um comentário