Confira a lista dos itens que mais influenciaram o crescimento do INCC-DI em Fevereiro de 2017

LinkedIn

O Índice Nacional de Custo da Construção – Disponibilidade Interna (INCC-DI), que auxilia a medir a variação de preços de produtos e serviços no setor de construção civil brasileiro, subiu 0,06% em fevereiro de 2017, depois de avançar 0,65% no mês anterior. Dentre os itens que participam da composição do INCC-DI, o que mais contribuiu positivamente para a valorização do indicador no segundo mês do ano foram os custos com ajudante especializado, cujo preço médio subiu 0,81% no mês. No mês anterior, os custos com o mesmo item subiram 0,25%.

Na outra ponta da pesquisa, o item que mais contribuiu negativamente sobre a variação mensal do indicador foi o cimento Portland comum, que caiu 1,09% no mês, após ter apresentado retração de 0,23% no mês anterior.

O INCC mede a inflação no setor de construção. Elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a versão Disponibilidade Interna (DI) do indicador é pesquisada entre o primeiro e o último dia de cada mês. Clique aqui e saiba mais sobre o desempenho do INCC-DI no segundo mês de 2017.

 

Maiores influências positivas sobre o desempenho do INCC-DI em Fevereiro de 2017

Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%)
Ajudante especializado 0,25 0,81
Servente 0,48 0,73
Taxas de serviços e licenciamentos 5,31 4,46
Tubos e conexões de PVC 0,33 3,41
Carpinteiro (fôrma, esquadria e telhado) 0,19 0,87

 

Maiores influências negativas sobre o desempenho do INCC-DI em Fevereiro de 2017

Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%)
Cimento Portland comum -0,23 -1,09
Argamassa 0,38 -0,85
Condutores elétricos 6,78 -0,95
Massa de concreto -0,22 -0,22
Aduela e alizar de madeira 0,23 -0,33

Deixe um comentário