Mercados aguardam o payroll e IPCA faz juros cair

LinkedIn

Mercados Globais

Os mercados aguardam o resultado do payroll, que se vier positivamente acima das expectativas, deve assegurar a alta da taxa de juros no dia 15 de março. Na quarta-feira, o ADP já excedeu as expectativas com a geração de 298 mil novos empregos no setor privado. Deve-se levar em conta o consumo das famílias junto do otimismo nos negócios e as vendas no varejo que podem ter impactado no mercado de trabalho. Por outro lado, há também o menor crédito do consumidor e a desaceleração nas vendas pendentes de moradias. O setor imobiliário, sobretudo nos Estados Unidos, é um importante prognóstico da economia em geral. O payroll será divulgado às 10:30.

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta. O presidente do PBoC, banco central chinês, disse que o yuan ficará estável neste ano. Na Coreia do Sul há instabilidade política, com o afastamento definitivo da presidente.

Nikkei 225 (+1.48%), Xangai (-0.12%) e Hang Seng (+0.29%).

As bolsas europeias estão em alta, aguardando o payroll e com impulso dos bancos. O otimismo vem, principalmente, do discurso de Mario Dragui na quinta-feira.

Minério de ferro no porto de Qingdao cai 0,08%, a US$ 86,72 a tonelada seca.

Brasil

Tivemos o IPCA às 09:00, apresentando variação de 0,33% e ficou abaixo dos 0,38% de janeiro em 0,05 ponto percentual. Este é o menor IPCA para os meses de fevereiro desde 2000. Os juros futuros e dólar caem nesta manhã, após o resultado. O grupo educação teve alta de 5,04% e foi responsável por 70%, com impacto de 0,23 ponto percentual. Veja a tabela com os componentes e suas respectivas variações:

Também tivemos o Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria da Fundação Getulio Vargas, que subiu 6,9 pontos, possivelmente pela melhora na perspectiva para o crescimento da economia brasileira.

Deixe um comentário