Irmãos Batista fecham acordo para vender Vigor por R$ 5,7 bilhões

LinkedIn

O grupo mexicano Lala fechou nesta segunda-feira (31) acordo para comprar a Vigor, que pertence à J&F, por 5,7 bilhões. O negócio é parte do programa de venda de ativos do grupo dos irmãos Joesley e Wesley Batista, que controla a JBS e detém a maioria das ações da Vigor.

O objetivo dos Batista é levantar pelo menos R$ 15 bilhões nos próximos meses, para abater parte dos R$ 70 bilhões em dívidas de suas empresas. Sozinha, a Vigor tem cerca de R$ 900 milhões em dívidas.

O acordo com a Lala ainda não foi assinado, já que aguarda apreciação de órgãos de governança interna das empresas. O negócio deve ser oficializado até quinta-feira (3).

Procurados, JBS e J&F não comentaram a venda para a mexicana Lala, que também é uma empresa de laticínios.

Antes da Vigor, a Alpargatas foi vendida à Itaúsa, das famílias Setubal e Moreira Salles, por R$ 3,5 bilhões, ainda no mês de julho. A companhia fabrica as sandálias Havaianas. A Eldorado Celulose, outra empresa da J&F, também está à venda, assim como as operações da Moy Park e da Five Rivers, empresas de confinamento e alimentação de gado, e linhas de transmissão de energia do grupo dos Batista.

Também nesta segunda, a JBS anunciou que fechou a venda de suas operações de processamento de proteína animal na Argentina, no Paraguai e no Uruguai para a concorrente brasileira Minerva, pelo valor de US$ 300 milhões (R$ 1 bilhão).

Fonte: Folha de São Paulo 

Deixe um comentário