Resumo do dia: o que movimentou a vida política hoje

LinkedIn

Confira o que teve de mais importante no noticiário político de hoje (09/08).

Reforma política será votada até o final do mês, afirma Maia

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, informou que a votação da reforma política deverá ser concluída até o final desse mês. Ainda, ele defendeu a aprovação de um sistema eleitoral mais barato e mais próximo ao eleitor.

Aécio não comenta propaganda do PSDB

Aécio Neves não quis comentar a propaganda do PSDB veiculada ontem (8) em rádio e TVs. Nela, o partido diz que os tucanos erraram, sem detalhes sobre os erros. “O PSDB errou e tem que fazer uma autocrítica. Não adianta pedir desculpas”, diz o final da propaganda partidária. Questionado, Aécio disse que acredita se tratar de uma tentativa de reconexão do partido com a sociedade e não participou da elaboração do programa.

Cabral se torna réu mais uma vez na Lava Jato

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, se tornou réu pela 14ª vez na Operação Lava Jato. O juiz da 7ª Vara Criminal Federal do Rio, Marcelo Bretas, aceitou as duas denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal. Além de Cabral, outras 23 pessoas também viraram réus na ação. Todos os envolvidos foram investigados durante a Operação Ponto Final, que desvendou um esquema criminoso no setor de transportes do estado.

Juiz da Lava Jato no Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu indicar o juiz Márcio Schiefler Fontes, que era auxiliar do ministro Teori Zavascki, que morreu em janeiro, para ocupar uma cadeira no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Após a morte do ministro, Schiefler passou a assessorar a ministra Cármen Lúcia, presidente da Corte, no conselho.

TRF4 reduz pena de doleiro condenado na Lava Jato

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), com sede em Porto Alegre, reduziu a pena do doleiro Raul Henrique Srour de sete anos e dois meses para cinco anos, cinco meses e cinco dias de prisão. A decisão foi tomada durante o julgamento da 15ª apelação criminal derivada dos processos da Operação Lava Jato.

Deixe um comentário