Dollar Week: moeda caiu 1,67% na primeira semana de Setembro

LinkedIn

Com o avanço de medidas econômicas importantes nesta semana no Congresso Nacional, como a aprovação da mudança nas metas fiscais e a criação da Taxa de Longo Prazo (TLP), o dólar encerrou a primeira semana de setembro com 1,67% de desvalorização e seis pregões seguidos de queda. No ano, já foram 15 semanas de valorização, 20 de desvalorização e 1 de estabilidade.

Ontem, a moeda alcançou o menor valor em seis meses e encerrou o dia cotado a R$ 3,0925 para compra e R$ 3,0945 para venda. O dólar caiu 0,24%

Durante o mês de setembro, após 5 pregões, a moeda acumula 1,68% de queda. São 5 pregões de baixa contra nenhum de alta até o momento. No último pregão de agosto, o dólar fechou cotado a R$ 3,1417 para compra e R$ 3,1475 para venda.

Em 2017, após 172 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 4,77%. São 81 pregões de alta contra 91 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Resumo da semana

A semana iniciou com feriado americano e uma desvalorização de 0,32% da moeda,  valendo R$ 3,1364 para compra e R$ 3,1371 para venda. Na terça-feira, o dia foi cheio no cenário político e o dólar seguiu em baixa, fechando o dia com 0,57% de queda, cotado a R$ 3,1185 para compra e R$ 3,1192 para venda.

A queda da moeda permaneceu durante a semana. Na quarta-feira, véspera de feriado nacional, a criação da Taxa de Longo Prazo fez a moeda cair 0,54%, valendo R$ 3,1010 para compra e R$ 3,1021 para venda.

Na sexta-feira, o dólar encerrou o dia cotado a R$ 3,0925 para compra e R$ 3,0945 para venda. Este é o menor valor desde março.

 

Deixe um comentário