Justiça aceita denúncia contra Joesley e Wesley Batista, donos da JBS

LinkedIn

Justiça Federal de São Paulo aceitou a denúncia do Ministério Público Federal contra os irmãos Joesley e Wesley Batista. Os donos da JBS (JBSS3são acusados de manipulação do mercado financeiro e uso de informação privilegiada. A denúncia contra os dois havia sido feita na terça-feira (10), após a conclusão do relatória da Operação Tendão de Aquiles, que investigou e incriminou os empresários.

Em sua decisão, o juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Criminal, afirmou considerar existirem “suficientes indícios de autoria em relação a cada um dos imputados, havendo, portanto, justa causa para o prosseguimento da persecução penal”.

Os irmão teriam comprado dólares e ações da JBS antes da divulgação de suas delações premiadas, com o objetivo de lucrar antes das oscilações do mercado por conta do conteúdo das suas participações nas investigações da Polícia. Com essa jogada, eles teriam lucrado R$ 238 milhões.

Em nota, a defesa de Joesley e Wesley Batista afirmou que “tais operações fazem parte da rotina da empresa, excluindo a hipótese de excepcionalidade. Os executivos confiam na Justiça e continuam à disposição para reforçar todos os esclarecimentos já apresentados”.

 

Deixe um comentário