Na primeira semana do mês, balança comercial encerra com superávit de US$ 1,902 bi

LinkedIn

De acordo com o relatório  divulgado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), a balança comercial brasileira iniciou outubro com superávit de US$ 1,902 bilhão, resultado de exportações e importações na primeira semana do mês.

O resultado corresponde às transações realizadas entre os dias 01 e 8 de outubro, período composto por 5 dias úteis. O saldo positivo reflete o bom desempenho das exportações, que totalizaram US$ 5,059 bilhões. As importações, que somaram US$ 3,157 bilhões, também contribuíram para o resultado.

Em 2017, as exportações totalizam US$ 169,663 bilhões e as importações, US$ 114,485 bilhões, com saldo positivo de US$ 55,177 bilhões.

Exportações

Durante o período, a média por dia útil das exportações foi de US$ 1.011,8 bilhão. Comparada com a média de outubro de 2016, houve um crescimento de 47,6%. Com relação à setembro deste ano, o crescimento foi de 8,4%.

Na comparação com o último mês,  a exportação de produtos básicos cresceu 13,4%, de US$ 427,0 milhões para US$ 484,1 milhões, por conta. Comparando com a primeira semana de outubro/2016, o crescimento foi de 70,8%, principalmente por conta de petróleo em bruto, minério de ferro, milho em grãos, soja em grãos, carnes de frango e bovina.

A exportação de semimanufaturados cresceu 47,8% na comparação com o ano passado (de US$ 111,6 milhões para US$ 165,0 milhões). por conta de semimanufaturados de ferro/aço, açúcar em bruto, celulose, ferro-ligas, ouro em formas semimanufaturadas. Comparado com setembro deste ano, o crescimento foi de 14,3%.

Com relação aos manufaturados, na comparação com outubro de 2016, o aumento foi de 22,8% (de US$ 275,6 milhões para US$ 338,5 milhões), por conta de automóveis de passageiros, suco de laranja congelado, etanol, veículos de carga, laminados planos de ferro/aço. Na comparação com o mês passado, por outro lado, as vendas caíram 1,8%.

Importações

Do lado das importações, o crescimento da média diária desta semana em comparação com a média diária da primeira semana de outubro de 2016 foi de 11,0%. No comparativo, aumentaram os gastos com combustíveis e lubrificantes (+57,0%), siderúrgicos (+39,0%), químicos orgânicos e inorgânicos (+17,6%), equipamentos eletroeletrônicos (+12,5%) e veículos automóveis e partes (+9,4%).

Ante setembro/2017, houve queda de 6,4%, devido à diminuição nas vendas de adubos e fertilizantes (-40,5%), farmacêuticos (-26,2%), químicos orgânicos e inorgânicos (-13,4%), equipamentos mecânicos (-11,0%) e equipamentos eletroeletrônicos (-3,5%).

Histórico

Até a primeira semana de outubro, com 5 dias úteis, as exportações no Brasil somaram US$ 5.059 bilhões. As importações totalizaram US$ 3.157,00 bilhões e o saldo do mês é US$ 1.902,00.

Em setembro, após 20 dias úteis, as exportações no Brasil somaram US$ 18.666 bilhões. As importações totalizaram US$ 13.488 bilhões e o saldo do mês foi de US$ 5.178 bilhões.

Em 2017, após 193 dias úteis, as exportações somam US$ 169.663 bilhões e as importações, US$ 114.485 bilhões, com saldo positivo de US$ 55.177 bilhões.

Deixe um comentário