Bovespa tem leve queda em dia tranquilo

LinkedIn

Com o noticiário esvaziado e o pregão nos Estados Unidos mais curto, o Ibovespa fechou com leve queda.

Histórico

O indicador terminou o dia com 74.157,38 pontos, reduzindo 0,44%. Os ativos da Braskem (BRKM5) valorizaram 2,7% e os da Taesa (TAEE11) subiram 2,2%. Por outro lado, as ações da Cemig (CMIG4) caíram 2,1%, as da Natura (NATU3) desvalorizaram 2,4% e as da Rumo (RAIL3) perderam 2,8%.

Após 15 pregões em novembro, o índice desvalorizou 0,20%. Já se foram sete fechamentos negativos contra oito positivos. O mês de outubro encerrou com 74.308,49 pontos.

Já no comparativo de 2017, após 219 pregões, o Ibovespa subiu 23,13%. Já foram 110 fechamentos positivos contra 109 negativos. Em 2016, o índice fechou com 60.227,29 pontos.

Influências

No cenário nacional, os investidores esperam por novidades sobre as negociações da Reforma da Previdência. “A não aprovação da reforma previdenciária pode atrasar a recuperação (da economia) e é isso que os investidores aguardam para apostas mais definitivas no Ibovespa”, afirmam os analistas da corretora Lerosa Investimentos em nota aos clientes.

Já no contexto internacional, o mercado americano funcionou em um período reduzido, após o feriado do Dia de Ação de Graças, o que reduziu a liquidez nos investimentos.

 

Deixe um comentário