BRF: Investidor esperava CEO da área de alimentos, avalia Santander

LinkedIn

Após longas disputas internas, a BRF (BRFS3) elegeu José Aurélio Drummond Jr. para substituir Pedro de Andrade Faria. Drummond é engenheiro graduado pela FEI, atuou como executivo das empresas Whirlpool, Alcoa e Eneva.

Segundo o Santander, apesar da experiência relevante, os investidores esperavam alguém do setor alimentício. O analista Ronaldo Kasinsky acredita que, por conta disso, a aceitação poderá gerar dúvida entre os investidores.

Veja Mais: Novo CEO pode acabar com bagunça na BRF?

“Apesar do anúncio representar uma notícia marginalmente negativa para BRF no curto prazo, seguimos com uma visão positiva para a ação numa perspectiva de médio/longo prazo”, explica Kasinsky.

O banco lembra que, do lado positivo, a BRF continua sendo negociado em um patamar atrativo de preço e com desconto de 10% para a média histórica, o que deve sustentar o preço da ação num horizonte de médio prazo.

A recomendação é de compra e o preço-alvo é de R$ 56,00.

Fonte: Money Times

Deixe um comentário