Dólar cai diante do esforço de Temer em aprovar a reforma da previdência

LinkedIn

dólar fechou o dia em queda, com o mercado acompanhando os esforços do presidente Temer para aprovar a Reforma da Previdência e a trajetória da moeda no exterior com as chances de adiamento no corte de impostos.

Histórico

A moeda caiu 0,40%, cotado a R$ 3,2632 para compra e R$ 3,2639 para venda.

Após 5 pregões do mês, a moeda valorizou 0,62%. Já se foram dois fechamento positivo, contra três negativos. No último pregão de outubro, o dólar fechou cotado a R$ 3,2430 para compra e R$ 3,2438 para venda.

Em 2017, após 213 pregões, o dólar apresenta uma valorização de 0,43%. São 102 pregões de alta contra 111 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

O presidente Michel Temer divulgou um vídeo afirmando que está empenhado na negociação da Reforma da Previdência. Essa é uma reação à movimentação negativa feita pelo mercado ontem, após ser admitido que talvez a medida não fosse aprovada.

Os pontos prioridades são a idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres, a regra de transição e a equiparação das regras de aposentadorias de servidores públicos com o regime geral da previdência.

Já no contexto internacional, o jornal Washington Post informou que os líderes republicanos do Senado estão pensando em adiar em um ano a implementação do grande corte de impostos corporativos.

Deixe um comentário