Moedas Digitais vs Pirâmides: quem é quem no criptomercado

LinkedIn
O criptomercado, como é chamado o mercado de Moedas Digitais, ainda é como o Velho Oeste. Sem muitas regulamentações definidas, esse mercado financeiro paralelo é a área de atuação de diversos golpistas. Utilizando a boa fé de investidores e empreendedores em busca de dinheiro rápido, esses golpes prejudicam milhares de pessoas todo ano e causam prejuízos milionários à economia popular.
Existem inúmeros casos legítimos de uso das criptomoedas, que estão longe de ser golpes e são sim, ativos válidos de se ter em carteira. Com atenção e um pouco de análise, conseguimos diferenciar um do outro e aproveitar esse novo mercado que oferece inúmeros ganhos, se você souber identificar os riscos.
As Moedas Digitais como o Bitcoin, Ethereum e todas as outras baseadas em Blockchain, sofrem todos os dias, diversas acusações de serem desde golpes à bolhas. Antes de acreditar cegamente nessas acusações, devemos fazer nossas pesquisas e identificar quais são projetos reais e que trazem inovação ao mundo e quais são alguma forma de tirar vantagem de investidores desavisados.
Existem realmente muitos golpes nesse mercado, porém, em sua maioria utilizam as moedas digitais como um facilitador do golpe e não como o golpe em si. Já em alguns casos o lançamento de uma nova moeda é o golpe, prometendo ganhos milagrosos para quem investir antes. Mas também existem as moedas verdadeiras que vale a pena investir, essas são apoiadas por comunidades com milhões de usuários e têm bilhões de dólares investidos pelos maiores investidores do mundo.

Pirâmides, Esquemas Ponzi e Golpes

Esse certamente é um modelo de negócio com um longo passado, porém foi popularizado pelo criminoso financeiro italiano Carlo Ponzi na década de 1920. O esquema das Pirâmides consiste basicamente em criar uma rede de pessoas, onde o lucro é criado pelas novas pessoas que você recruta e pelas que elas recrutam, daí o nome de pirâmide.
Temos diversos exemplos famosos desses esquemas fraudulentos. Nos EUA o último caso de grande repercussão foi Bernard Madoff, que oferecia um fundo de investimento em Wall Street e durou algumas décadas. No Brasil já tivemos famosos casos de golpes financeiros, para lembrar alguns: Fazendas Reunidas Boi Gordo, um golpe bilionário que prometia o investimento em fazendas de criação de bezerros e engorda de bois, porém que pagava os lucros basicamente com o dinheiro dos novos investidores; Telexfree, atuava com a fachada de ser uma provedora de telefone pela internet (VOIP); além de muitos outros como investimentos em Forex, mineração de ouro e diamantes, apostas esportivas, geolocalizadores de veículos, suplementos alimentares e o que mais a mente dos golpistas puder conceber.
Recentemente, com o aumento do valor das moedas digitais e crescimento da demanda dos investidores, as criptomoedas tem sido alvo de muitos golpes. Como é um mercado novo e em primeira vista complicado, os investidores acabam não entendendo muito bem no que estão investindo e com isso é ainda mais fácil aplicar os golpes.
Disfarçadas como empresas de mineração na nuvem, exchanges (bolsas) de moedas digitais, redes de empréstimo solidário de bitcoins e até de lançamentos de novas moedas, esses esquemas estão atrás do dinheiro de investidores e empreendedores incautos, que estão em busca dos lucros exorbitantes que o criptomercado pode trazer mas que não entendem bem como tudo funciona.
Para angariar os “líderes” iniciais, as Pirâmides e golpes precisam pagar. Então as pessoas que oferecem para você participar nem estão fazendo por maldade e sim pois também estão caindo no golpe. O problema não é no começo enquanto está tudo funcionando e entrando gente. O problema acontece quando todo mundo decide sair do investimento, ou quando a justiça proíbe as operações da empresa, ou quando os golpistas simplesmente fogem. Aí que as Pirâmides quebram e as pessoas tomam prejuízo. Enquanto ela está de pé tudo é festa, carros e eventos quando ela começa a ruir, não sobram nem cinzas do seu capital.

Usos Legítimos das Moedas Digitais

Existem os casos reais de Moedas Digitais. Não podemos confundir essas Pirâmides com o verdadeiro e bilionário mercado das criptomoedas legítimas. Das centenas de criptomoedas, o Bitcoin é a de maior valor e mercado. Hoje, dia 1 de novembro de 2017, o Bitcoin fez um novo topo histórico com valor de quase US$ 7 mil dólares e uma capitalização de mercado de quase US$ 115 bilhões e 61% do mercado. O Ethereum é o segundo colocado, com valor de mercado de US$ 27,6 bilhões.
A capitalização total do mercado de moedas digitais é de quase US$200 bilhões. Centenas dessas moedas têm usos incríveis e seus projetos podem revolucionar o mundo, além de dar um bom lucro a seus apoiadores. São milhões de usuários de criptomoedas e segundo a Coinbase, só em seu site são criadas 30 mil novas carteiras por dia. Esse mercado cresceu mais de 700% só em 2017 e todos os dias diversos investidores famosos anunciam investimentos em alguma empresa de moeda digital.
Cada dia, mais lojas e negócios estão aceitando bitcoin e outras Moedas Digitais como forma de pagamento, bancos estão utilizando a tecnologia para transmissão de pagamentos e todos os dias são criadas inovações que prometem revolucionar nossas vidas. Todos esses exemplos mostram que o mercado tem crescido e se tornado cada vez mais aceito por investidores de todo o mundo. Contratos futuros e investimentos institucionalizados em Bitcoins estão sendo criados em grandes bolsas tradicionais, como Chicago.

Pontos de Atenção antes de Investir

Antes de investir em qualquer coisa, você deve estudar e conhecer bem onde está colocando seu dinheiro. Para nossa sorte, os golpistas acabam seguindo a mesma linha e conseguimos identificar características comuns nesses projetos. Não acredite cegamente no discurso de vendas e na apresentação da “oportunidade”, pois eles farão de tudo para que você caia no canto da sereia.
Preste atenção na apresentação, onde está o foco maior deles: em apresentar o funcionamento de tudo, como são feitos os investimentos e apresentar toda a parte técnica da mineração e trade ou eles passam rapidamente por isso e falam mais de como você pode ganhar dinheiro trazendo novos membros e em como você vai ganhar carros, viagens e bônus se virar um empreendedor revendendo esse investimento incrível?
Pesquise informações sobre a empresa no seu buscador favorito: CNPJ, histórico individual dos membros da equipe, quem são os investidores, quem são os “líderes” que vendem essa empresa, onde está a empresa, entre no site do projeto, leia o white paper (literalmente papel branco, é o documento de apresentação de um projeto nesse meio), participe de grupos de discussão e com isso você vai começar a entender a diferença dos projetos reais e dos golpes.
Como vimos, existem diversos projetos e Moedas Digitais que merecem nossa atenção e investimento. Esse é o caso do Bitcoin e outros projetos apoiados por uma grande comunidade internacional e negociados em famosas exchanges de moedas que por sua vez são investidas por importantes investidores. Nessas moedas você deve investir seu tempo e dinheiro pois elas trarão muito mais que retorno financeiro, a certeza de estar participando e apoiando um projeto sério e que tem o potencial de mudar o mundo.
E existem projetos que causam desconfiança, para esses vale a pena fazer essa análise profunda e identificar os golpes antes de colocar seu dinheiro onde não conhece bem. Saiba identificar um do outro e você estará preparado para navegar o mar de risco brutais e oportunidades lucrativas que é o mercado das Moedas Digitais.

Deixe um comentário