Trump ordena que "verificação extrema" seja intensificada após ataque em NY

LinkedIn

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse no Twitter que ordenou que o Departamento de Segurança Interna intensifique seu “programa extremo de verificação”, após o ataque com um veículo contra pedestres e ciclistas em Nova York.

“Eu acabei de ordenar que o Departamento de Segurança Interna intensifique nosso já extremo programa de verificação. Ser politicamente correto é bom, mas não para isso”, disse Trump, horas depois que um homem dirigindo uma caminhonete deixou oito mortos em Nova York. CapturadeTela2017-11-01às10.15.41

Trump se candidatou à Presidência dos EUA em 2016 com a promessa de reduzir a imigração ilegal por razões de segurança, e pediu por uma “verificação extrema” de estrangeiros entrando nos Estados Unidos.

Pouco antes, o presidente tinha se referido ao Estado Islâmico (EI) em outra mensagem, apesar do grupo terrorista não ter reivindicado, por enquanto, o ataque em Nova York. “Não devemos permitir que Estado Islâmico volte, ou entre, em nosso país depois de derrotá-los no Oriente Médio e em outros lugares”, afirmou Trump.

Deixe um comentário