Banco do Brasil reafirma meta de melhorar ROE, porem a ritmo menor

LinkedIn

Na noite desta quarta-feira, (6), o CEO do Banco do Brasil (BOV:BBAS3), Paulo Caffarelli, reafirmou sua meta de equalizar o retorno sobre o patrimônio do banco x seus pares, só que numa velocidade menor do que esperado pelo mercado.

Alguns analistas notaram que o soft guidance proposto por Caffarelli pode levar a uma revisão de expectativas de lucro em 2018. O banco vem se esforçando para melhorar digitalização e aprofundar relações com clientes, como o lançamento da conta digital para microempreendedores.

Expansão de crédito

Os segmentos pessoa física, agronegócio e pequenas e médias empresas vão liderar o crescimento do crédito do Banco do Brasil em 2018, segundo apresentação do banco publicada nesta quarta-feira.

Para 2018, o BB projeta gastos menores com provisões, despesas administrativas crescendo abaixo da inflação, melhora gradual da qualidade da carteira, crescimento das receitas com tarifas acima da inflação e melhora da rentabilidade.

Deixe um comentário