Dólar fecha em alta nesta sexta-feira, vendido a R$ 3,34

LinkedIn

O dólar fechou o dia em alta, com o mercado agindo com cautela e avaliando a cena política atual e local.

Histórico

A moeda teve alta de 0,77%, cotada a R$ 3,3336 para compra e R$ 3,3345 para venda.

Após 16 pregões no mês, a moeda valorizou 1,92%. Já se foram 8 pregões negativos, contra 8 positivos. No último pregão de novembro, o dólar fechou cotado a R$ 3,2708 para compra e R$ 3,2716 para venda.

Em 2017, após 242 pregões, o dólar apresenta uma valorização de 2,60%. São 116 pregões de alta contra 126 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

No Brasil, O presidente da República, Michel Temer, informou nesta sexta-feira(22), que caso a reforma das Previdência não seja aprovada, pode ocorrer uma queda na economia, incluindo descredito nacional e internacional, o que será “péssimo” para o Brasil. Durante um café da manhã com jornalistas, o presidente afirmou que,“O que vai acontecer é o seguinte: a inflação está sob controle, os juros estão sob controle, o que pode ocorrer é exatamente a quebra desse controle que hoje existe, seria péssimo para a economia, além do descrédito de natureza nacional e internacional”.

De acordo com as estimativas do Banco Central, após dois anos seguidos de baixa, o credor deve voltar a crescer em 2018. A expectativa é que o crédito oferecido pelos bancos devem apresentar retração de 1% em 2017, e aumento de 3% em 2018. Em 2016, houve retração de 3,5% após o crescimento de 6,7%, em 2015.  O crédito recuou 1,4%, somando R$ 3,063 trilhões nos 11 meses desse ano. Em 2018, o crédito para as famílias pode aumentar 7%, enquanto para as companhias, a expectativa é de retração de 2%.

Deixe um comentário