Mercado de criptomoedas opera em alta nesta quarta, em meio a declarações do presidente do BC

LinkedIn

Após flutuar em níveis históricos, o bitcoin (COIN:BTCUSDàs 15h desta quarta-feira, operava com uma alta de 0.59%, cotado a US$ 16.696,21.

O Ethereum (COIN:ETHUSD), segunda criptomoeda mais valiosa em termos de capitalização de mercado, após o bitcoin, operava com uma alta de 35.43%, cotado a US$ 716,32.

Quer saber como converter suas criptmoedas? Clique aqui

O Bitcoin Cash (COIN:BCHUSD) operava com uma alta de 6.22%, cotado a US$ 1.562,88.

A Ripple (COIN:XRPUSD) às 15h desta quarta-feira estava cotada a US$ 0,46, com uma alta de 75.95%.

A Litecoin (COIN:LTCUSD) por sua vez, assumiu a posição como uma das cinco melhores moedas para investir e nesta quarta-feira, operava com uma alta de 27.79%, cotada a US$ 312,22.

Acompanhe o fórum ADVFN sobre criptomoedas 

Influências

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, declarou nesta quarta-feira (13), que o risco das moedas virtuais, como o Bitcoin, é alto, e que elas podem representar a “típica bolha e pirâmide”, ou seja, apresentarem alta neste momento e quedas subsequentes no futuro. Ele observou que essas moedas tiveram “subida vertiginosa” nos últimos meses.

Segundo o comandante do BC, as moedas virtuais não têm lastro, não possuem bancos centrais que lhe confiram segurança, e não têm também regulação, o que eleva o seu risco. “Há o risco da bolha, da pirâmide, e das atividades ilegais”, declarou.

Questionado por jornalistas, que citaram o exemplo de pessoas que estão hipotecando suas casas nos Estados Unidos para comprar moedas virtuais, ele não recomendou tal operação. “Eu diria não hipoteque sua casa para comprar essa moedas”, concluiu.

Deixe um comentário