Bovespa renova mais uma vez a máxima histórica e encosta nos 80 mil pontos

LinkedIn

Depois de superar os 80.000 pontos na cotação intraday, o Ibovespa fechou o dia em alta e renovou novamente a máxima histórica.

Histórico

O indicador subiu 0,10%, cotado a 79.831,77 pontos. As ações da Braskem (BRKM5) e as da Cielo (CIEL3subiram 2,9%, cada, enquanto as da Petrobras ON (PETR3e as da Petrobras PN (PETR4) valorizaram 1,5% e 1,4%, respectivamente.

Por outro lado, os papéis da Multiplan (MULT3) caíram 3,5%, os da Usiminas (USIM5) recuaram 2,7% e os da Vale (VALE3) desvalorizaram 2,5%.

Após 11 pregões em janeiro, o índice valorizou 4,49%. Já se foram 8 fechamentos positivos contra 3 negativo. Dezembro encerrou com 76.402,08 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 11 pregões, o Ibovespa subiu 4,49%. Já foram 8 fechamentos positivos contra 3 negativo. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

Com a contínua entrada de recursos e a manutenção do cenário otimista tanto dentro quanto fora do país, a Bolsa chegou a ultrapassar pela primeira vez os 80.000 pontos hoje.

O presidente Michel Temer chegou a comemorar o marco na sua conta no Twitter, alegando que isso significava a “valorização das nossas empresas, que, com inflação baixa, podem investir mais e gerar emprego e renda para o país”.

Boa parte dos investimentos seguem vindo dos investidores estrangeiros, que até o dia 11 de janeiro, já havia injetado cerca de R$ 3,58 bilhões.

Deixe um comentário