Bovespa renova máxima histórica novamente

LinkedIn

O Ibovespa fechou em alta pelo 8º dia seguido e renovou a marca histórica novamente, com base no bom humor no exterior e na política nacional.

Histórico

O indicador teve alta de 0,13%, fechando a 77,995,16 pontos. As ações da Embraer (EMBR3) valorizou 3,9%, as da CSN (CSNA3) subiram 3,5% e as da Petrobras (PETR3) cresceram 1,7%.

Por outro lado, os ativos da Energias Brasil (ENBR3) caíram 3,5%, os da Rumo (RAIL3) recuaram 2,6% e os da JBS (JBSS3) perderam 2,2%.

Após 2 pregões em janeiro, o índice valorizou 2,08%. Já se foram 2 fechamentos positivos contra nenhum negativo. Dezembro encerrou com 76.402,08 pontos.

Já no comparativo de 2018, após 2 pregões, o Ibovespa subiu 2,08%. Já foram 2 fechamentos positivos contra nenhum negativo. Em 2017, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influência

O ano começa com expectativas positivas para o mercado, especialmente com o superávit comercial recorde de US$ 67 bilhões no ano passado. Isso aponta uma melhora na economia, o que é esperado pelos investidores.
No campo político, o julgamento do ex-presidente Lula no dia 24 pode inviabilizar a candidatura do petista para as eleições de outubro, dependendo do resultado. A condenação de Lula é vista como um mecanismo para facilitar a aprovação da Reforma da Previdência neste ou no próximo ano.

Deixe um comentário