Ministro do Planejamento ressalta que haverá cortes no Orçamento de 2018

LinkedIn

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveria, anunciou nesta terça-feira (23), que o governo federal fará um contigenciamento no orçamento de 2018 nos próximos dias, mas ressaltou que ainda não há um valor estimado para corte. De acordo com o ministro os principais motivos que pairam o bloqueio de despesas estão os recursos aguardados com a privatização da Eletrobrás (BOV:ELET3) (BOV:ELET6).

Em entrevista ao canal NBR, Dyogo afirma que o governo está revisando as estimativas e despesas de 2018, e que a partir do cálculo, concluirão o nível de contigenciamento para o ano.

Para o ministro o reajuste dos servidores precisa ser somado nas despesas enquanto estiver em vigor a decisão liminar do STF que proibiu o governo de prorrogá-lo para o próximo ano.

Entretanto, Dyogo conta que as projeções de crescimento na economia em 2018 impulsionará as receitas, bem como o leilão de petróleo.

Ao finalizar, o ministro do planejamento destacou que as receitas de R$ 12,2 bilhões com a privatização da Eletrobrás ainda serão avaliadas. Segundo ele não há um definição sobre a incorporação da receita por conta da liminar que vetou a entrada da Eletrobrás do Programa Nacional de Desestatização (PND).

*Com informações do Estadão

Deixe um comentário