ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Bovespa renova máxima história com troca de pautas da Previdência pela da privatização da Eletrobras

LinkedIn

Ibovespa fechou o dia renovando a máxima histórica, após o governo declarar que vai priorizar a pauta da privatização da Eletrobras sobre a da Reforma da Previdência.

Histórico

O indicador subiu 1,19%, cotado a 85.803,95 pontos. As ações da Eletrobras ON (ELET3) e da Eletrobras PN (ELET6dispararam 7,7% e 7,2%, respectivamente, as da Fibria (FIBR3) subiram 6% e as da Cosan (CSAN3) cresceram 5%.

Por outro lado, os papéis do Pão de Açúcar (PCAR4) caíram 5,4%, os da Gerdau (GGBR4) recuaram 2,6% e os da Ecorodovias (ECOR3) desvalorizaram 2,4%.

Após 12 pregões em fevereiro, o índice valorizou 1,05%. Já se foram 7 fechamentos positivos contra 5 negativos. Em janeiro, o indicador fechou com 84.912,70 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 33 pregões, o Ibovespa subiu 12,31%. Já foram 21 fechamentos positivos contra 12 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

O governo anunciou que não votará mais a Reforma da Previdência, uma vez que a Constituição proíbe alterações no seu texto enquanto intervenções federais, como a da Segurança Pública no Rio de Janeiro, acontecem.

Por outro lado, ele anunciou, então, que passará a priorizar a pauta da privatização da Eletrobras a partir de agora. Além disso, um pacote de medidas econômicas será discutido no Congresso Nacional para tentar controlar a questão fiscal do país até que a Reforma da Previdência volte à pauta.

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário