Companhias em recuperação do grupo Oi tem geração de caixa negativa em dezembro

LinkedIn

As companhias da operadora Oi (BOV:OIBR3) (BOV:OIBR4que estão em recuperação judicial registraram uma Geração de Caixa Operacional Líquida negativa em R$ 34 milhões em dezembro de 2017, ante resultado negativo de R$ 454 milhões em novembro.

As informações foram divulgadas pelo escritório de advocacia Arnoldo Wald, administrador judicial do processo de recuperação, houve um aumento de R$ 27 milhões na conta de recebimentos, e queda de R$ 192 milhões no volume de pagamentos e de R$ 201 milhões nos investimentos.

No total das cotas de recebimentos, a operadora totalizou um fluxo de R$ 2,716 bilhões em dezembro, alta de 1% em relação ao mês anterior. De acordo com o relatório, houve crescimento de 1,7% nos recebimentos de clientes, para R$ 1,905 bilhão.

Por outro lado, no fluxo de pagamentos houve perdas de 7% em dezembro, para R$ 2,56 bilhões. Segundo a Oi, a principal responsável pelo resultado foi a rubrica Fornecedores de Materiais/Serviços, com redução de R$ 417 milhões, para R$ 1,839 bilhão. Para a Oi, essa queda foi impulsionada pelo feriado bancário do dia 29 de dezembro, já que os vencimentos dos últimos dias do ano acabaram ficando para janeiro.

Os investimentos da operadora tiveram redução de 51,5% em dezembro ante novembro, para R$ 190 milhões. O volume de investimentos totais em 2017 foi de R$ 4,249 bilhões.

Com o resultado, o saldo final de Caixa Financeiro das empresas em recuperação da Oi ficou R$ 6,881 bilhões ao final do ano passado.

*Com informações do Broadcast

Deixe um comentário