Klabin registra prejuízo de R$ 83 milhões no 4º trimestre

LinkedIn

Nesta quinta-feira (1º), a Klabin (BOV:KLBN11) divulgou os seus resultados operacionais referentes ao 4º trimestre de 2017. De acordo com o relatório da empresa, o 4T17 rendeu um prejuízo líquido de R$ 83 milhões para a Klabin. No mesmo período de 2016, a empresa registrou lucro de R$ 109 milhões.

O Ebitda ajustado finalizou o trimestre em R$ 855 milhões, registrando um avanço de 31% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. No ano, a empresa registrou um crescimento de 20%.

Impulsionada pelas vendas de celulose e melhora nos mercados de papeis e embalagens, a receita líquida de vendas da Klabin encerrou o quarto trimestre em R$ 2.298 — 17% superior ao mesmo período do ano anterior. A receita de vendas de fibras curta, longa e fluff totalizou R$ 728 milhões, volume 55% superior ao registrado no 4T16.

No ano, a receita total da empresa atingiu R$ 8.373 milhões, aumento de 18% em relação a 2016. A Klabin afirma que esse aumento foi devido às vendas de celulose da Unidade Puma e de produtos de conversão, além do aumento nos preços internacionais de boa parte dos produtos.

Com a evolução na geração de caixa operacional ao longo do trimestre, a relação dívida líquida x EBITDA obteve uma redução de 4.1x em dezembro, ante 4,4x em setembro. CapturadeTela2018-02-01às11.09.40

Dividendos

A empresa informou nesta quinta (1º), que o seu conselho de administração aprovou o pagamento de dividendos intermediários. O valor a ser pago será R$ 0,03253351 por ação ordinária e preferencial e de R$ 0,16266757 por unit. O pagamento está programado para o dia 19 de fevereiro de 2018 e a partir do dia 07 de fevereiro, as ações e units passarão a ser negociadas como “ex-dividendos”.

Deixe um comentário