Ambev tem performance robusta e apresenta cenário favorável para 2018, afirma especialistas

LinkedIn

De acordo com os relatórios das corretoras BB Investimentos e Magliano, a Ambev (BOV:ABEV3) apresentou resultados sólidos no 4T17, com crescimento nos volumes e nas receitas líquidas. Além disso, a retomada da economia deve favorecer os negócios das empresas, com a melhora no consumo de refrigerantes e cervejas.

“Os resultados do 4T17 mostraram que a Ambev tem sido assertiva em sua estratégia de preços. O aumento de preços implementado ao longo do segundo semestre teve um impacto positivo nas margens e compensou parcialmente os resultados mais fracos de todo o ano”, afirmou a analista Luciana Carvalho do BB.

Para a profissional, a empresa possui uma oportunidade de crescimento consistente no mercado nacional, principalmente diante da estratégia de investimentos no segmento de cerveja premium, o qual possui um crescimento “em dois dígitos e agora representa mais de 10% do volume total de cerveja da companhia”.

A expectativa positiva também se extende para o mercado estrangeiro, complementa o analista Carlos Soares Rodrigues, da Magliano. Para ele, o crescimento da atividade na Argentina tende a recuperar os volumes no país, ao mesmo tempo em que as principais marcas da Ambev apresentem um bom desempenho no Canadá. Já nas operações da América Central e do Caribe, os resultados devem “refletir a troca de ativos com a Anheuser-Busch InBev SA (ABI)”, afirma Rodrigues.

Diante desse cenário, o analista da Magliano reitera a recomendação de compra dos ativos da empresa, com preço-alvo nos R$ 27,82 para os próximos 12 meses. Já o BB continua com a recomendação outperform para a Ambev, com preço-alvo nos R$ 24,00 até o final do ano, o que representa um potencial de valorização de 9,1%.

Deixe um comentário