Bom dia, Investidor! 26 de março de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor!

Pré Market

Os mercados financeiros estão prontos para se recuperar nesta última semana de março, após Wall Street registrar o pior desempenho semanal em mais de dois anos, em meio a relatos de que os Estados Unidos e a China estão em negociações nos bastidores para evitar uma guerra comercial global. O secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, se disse “cautelosamente esperançoso” de que as duas maiores economias do mundo irão alcançar um acordo, de modo a impedir a sobretaxa de US$ 60 bilhões em produtos chineses.

Em reação, os índices futuros das bolsas de Nova York exibem ganhos firmes, ao redor de 1%, mostrando recuperação após o Dow Jones, S&P 500 e o Nasdaq 100 registrarem a pior semana desde janeiro de 2016, em meio aos temores de uma guerra comercial. Esse avanço embala a abertura do pregão europeu, diante do esfriamento da tensão, o que também impulsiona as moedas europeias frente ao dólar. Já o petróleo e os metais básicos recuam.

Na Ásia, a Bolsa de Xangai caiu 0,60%, o que levanta dúvidas de que Washington está mesmo disposta em negociar com Pequim, uma vez que Mnuchin manteve a posição de que quer reduzir em US$ 100 bilhões o déficit comercial da China com os EUA e afirmou que vai restringir novos investimentos chineses em território norte-americano. Nas demais praças da região, o sinal foi positivo, com +0,7% em Tóquio e em Hong Kong.

Por ora, relatos dão conta de que as negociações abrangem amplas áreas, incluindo serviços financeiros e manufatura, e estão sendo lideradas por Liu He, um líder econômico chinês e pelo secretário do Tesouro dos EUA, além do representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer. As discussões nos bastidores podem ser um alívio, após o anúncio de medidas protecionistas dos EUA e a ameaça imediata de retaliação chinesa.

Leia: Pré-Market: Cautela e esperança

Destaques Corporativos 

B3 (B3SA3): A partir desta segunda-feira (26), as ações da B3 passarão a ser negociadas sob o ticker ‘B3SA3‘.

BB Seguridade (BBSE3): Na noite desta sexta-feira (23), o Conselho de Administração autorizou a compra de 19.359 ações de sua própria emissão em circulação no mercado.

Carrefour Brasil (CRFB3): O Grupo Carrefour Brasil divulgará, no dia 10 de abril, o seu desempenho de vendas do primeiro trimestre de 2018.

Eletrobras (ELET3): Segundo o jornal Valor, o Tribunal de Contas da União está intensificando o acompanhamento do processo de privatização da Eletrobras.

Petrobras (PETR4): Na sexta-feira (23), a Petrobras informou à CVM que assinou uma linha de crédito compromissada de R$ 2 bilhões com o Banco do Brasil. O empréstimo terá vencimento em fevereiro de 2023.

Recomendações de Ativos 

(HYPE3): O HSBC elevou o preço-alvo da ação da Hypera para R$ 33,80.

(WIZS3): A equipe do Itaú BBA optou por manter a recomendação do ativo como outperform e preço-alvo em R$ 24.

(RADL3): A equipe do HSBC optou por cortar o preço-alvo do ativo para R$ 76,6.

Notícias

Boletim Focus / PIB: Os analistas responsáveis pela elaboração do Boletim Focus desta segunda-feira revisaram novamente suas expectativas para o crescimento da economia. Os economistas elevaram a expansão do PIB de 2,83% para 2,89% em 2018.

Boletim Focus / Inflação: Para 2018, a previsão do mercado financeiro para a inflação recuou de 3,63% para 3,57%.

Henrique Meirelles / Eleições: Segundo o jornal O Globo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, irá concorrer às eleições presidenciais deste ano.

TRF4 / Lula: O TRF4 julga nesta segunda-feira (26) o embargo de declaração do ex-presidente Lula, no caso do tríplex do Guarujá.

Cotação / Minério de Ferro: Os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa de Dalian, na China, recuaram 2,01% a 439 iuanes na jornada desta segunda-feira.

Agenda Econômica

BRASIL
* A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados do Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) referentes a março.

* A FGV divulga às 8h os dados regionais da terceira leitura do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) referentes a março.

* A FGV divulga às 8h os dados da Sondagem de Construção e da confiança do setor referentes a março.

* O Banco Central (BC) divulga às 8h30 o Relatório Focus com as previsões do mercado para a economia.

* O Tesouro Nacional divulga às 10h o relatório mensal da dívida pública referente a fevereiro.

* O BC divulga às 10h30 a nota de política monetária, com os dados sobre as operações de crédito e a inadimplência referentes a fevereiro.

* A Confederação Nacional da Indústria (CNI) publica, às 14h30, a sondagem da indústria da construção referente a fevereiro.

* O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulga às 15h os dados da balança comercial de março até dia 25.

ESTADOS UNIDOS

* O índice de atividade nacional de fevereiro será publicado às 9h30 pelo Federal Reserve de Chicago. Em janeiro, o índice caiu para 0,12 ponto, de 0,14 ponto em dezembro.

EUROPA E ÁSIA

 

Deixe um comentário