Setor de serviços sobe 0,1% em fevereiro, mas acumula queda de 2,4% em 12 meses

LinkedIn

Em fevereiro de 2018, o volume de serviços no Brasil assinalou variação positiva de 0,1% frente a janeiro, na série com ajuste sazonal. Na série sem ajuste sazonal, em relação a fevereiro de 2017, o volume de serviços caiu (-2,2%).

Com isso, o volume de serviços acumulou queda de 1,8% no ano.  O acumulado nos últimos doze meses também ficou negativo (-2,4%) em fevereiro de 2018, mais que o 0,6% de queda esperado pelo mercado. As informações foram dadas  hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre as atividades, em relação a janeiro (série com ajuste sazonal) houve alta somente em serviços profissionais, administrativos e complementares (1,7%). As quatro outras atividades mostraram recuo: serviços prestados às famílias (-0,8%), serviços de informação e comunicação (-0,6%), transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-0,3%) e outros serviços (-0,7%).

Já em relação a fevereiro de 2017, foram duas variações positivas: outros serviços (1,7%) e transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (0,6%). As três quedas foram em serviços prestados
às famílias (-5,2%), serviços de informação e comunicação (-4,9%) e serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,6%).

O índice de atividades turísticas recuou em ambas as comparações: -3,4% em relação a janeiro e -5,2% na comparação com fevereiro de 2017

Deixe um comentário