Bovespa mantém queda e acumula 3 pregões negativos

LinkedIn

O Ibovespa acumulou mais uma sessão em queda nesta sexta-feira, em meio a um cenário misto e marcada por uma agenda tranquila.

O indicador teve queda de 0,20%, cotado a 83.118,03 pontos. Os ativos das Lojas Renner (LREN3) aumentaram 5,43%, os da Cemig (CMIG4) ampliaram 3,43% e os da Vale (VALE3) avançaram 1,24.

Após 3 pregões em maio, o índice desvalorizou 3,48%. Não houve fechamento positivo apenas 3 negativos. Em abril, o indicador fechou com 86.115,50 pontos.

Já no comparativo com 2017, após 84 pregões, o Ibovespa subiu 8,79%. Já foram 45 fechamentos positivos contra 39 negativos. Ano passado, o índice fechou com 76.402,08 pontos.

Influências

Nesta sexta-feira (04), O Ibovespa divulgou uma prévia dos ativos que passará a vigorar a partir de segunda-feira. São eles: B2W, CVC Brasil e Gol.

Os Estados Unidos divulgaram que a taxa de desemprego no país recuou para 3,9% em abril. Os salários tiveram apenas leve alta no mês passado.

Deixe um comentário