Produção de minério de ferro da Vale sobe 5,3% no 2º tri

LinkedIn

Em comunicado, a Vale (BOV:VALE3), uma das maiores mineradoras do país, reportou que a sua produção de minério ferro subiu 5,3% no segundo trimestre de 2018, encerrando o período em 96,7 milhões de toneladas e atingindo um novo recorde na produção do produto.

A produção de minério de ferro da Vale no 2T18 foi 5,3% maior do que no 2T17, marcado pelo menor teor de sílica (4,2%, em média, no 2T18 contra 4,5% no 2T17) e menor teor de alumina (1,3%, em média, no 2T18 e 2T17) quando comparado com outros participantes do mercado.

No documento, a Vale afirmou que o resultado foi alcançado “apesar da ruptura nos sistemas produtivo e logístico em todo Brasil, causada pelos 12 dias de greve nacional dos caminhoneiros em maio”.

Além do recorde atingido na produção de minério de ferro, a companhia destacou também o recorde de vendas do produto, totalizando 86,5 Mt no segundo trimestre e ficando 4,8 acima do valor reportado no 2T17. “O recorde foi alcançado apesar do aumento de estoques offshore para apoiar as atividades de blendagem em andamento”.

CapturadeTela2018-07-16às09.51.17

Recomendação

Antes mesmo de ter os resultados trimestrais divulgados, a equipe de análise do banco Safra já está apostando suas fichas na Vale, ao elevar o preço-alvo de US$ 15,70 para R$ 16,40 (equivalente a R$ 50), além de reiterar a recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado) para o papel.

De acordo com o relatório, o banco mantém sua perspectiva otimista com relação aos resultados da mineradora no dia 25 de julho.  “Acreditamos que a Vale irá apresentar um relatório de produção um pouco abaixo do objetivo de 390 milhões de toneladas, em aproximadamente 382 milhões de toneladas em 2018”, destacam os analistas.

Deixe um comentário