TOP 5 ADVFNnews - Confira as notícias mais lidas desta semana

LinkedIn

Fique por dentro do que rolou durante essa semana no Jornal ADVFN 

Para saber o que foi destaque na semana anterior, clique aqui

1. Fusão entre Boeing e Embraer está na mira de Lewandowski

“De acordo com o jornal O Globo, a possível combinação de negócios entre a Boeing e a Embraer (BOV:EMBR3) teria influenciado a decisão do ministro Ricardo Lewandowski sobre a proibição da privatização de estatais sem o aval do congresso.” Leia

2. Petrobras e petroleira chinesa consolidam contrato para concluir Comperj

“Em comunicado enviado ao mercado nesta quarta-feira (04), a Petrobras (BOV:PETR4anunciou uma parceria com a China National Petroleum Corporation (CNPC), para a conclusão da refinaria do Comperj e uma participação da CNPC no cluster de Marlim, que abrange os campos de Marlim, Voador, Marlim Leste e Marlim Sul, todos na Bacia de Campos.” Leia

3. PETR4: De acordo com o Bradesco, a decisão da cessão onerosa não sai em 2018

“Em relatório enviado ao mercado, os analistas do Bradesco (BOV:BBDC4) afirmam que a recente mudança da venda de empresas estatais, implementada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), faz com que o leilão da área excedente da cessão onerosa da Petrobras (BOV:PETR4), corra sérios riscos de não acontecer durante este ano.” Leia

4. Embraer: ações disparam com notícia de jornal

“Nesta quarta-feira (4), o jornal Folha de S. Paulo informou que após meses de negociação,  governo finalmente deu aval para o acordo entre a Boeing e a Embraer (BOV:EMBR3). Segundo as expectativas do mercado, as duas gigantes irão enviar ao mercado um comunicado em conjunto, com mais detalhes, para finalmente formalizar a criação de uma terceira empresa, que cuidará da linha de aviação regional da brasileira.” Leia

5. Pesquisa mostra Bolsonaro na frente, mas com percentual menor; Ciro e Alckmin têm pequena alta

“A 3 meses da eleição presidencial, o site Poder360 realizou uma pesquisa via telefone, entre os dias 25 a 29 de junho, com  5.500 entrevistas, em 229 cidades, abrangendo todas as regiões do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. A pesquisa mostrou que Jair Bolsonaro (PSL), segue liderando entre os eleitores, mas sua pontuação diminuiu em relação à pesquisa do fim de maio.” Leia

Deixe um comentário