Bom dia, Investidor! 03 de agosto de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Pré Market

Criação de mais de 200 mil vagas pelo terceiro mês seguido e taxa de desemprego abaixo de 4%, nos menores níveis deste século. Os dados de emprego nos Estados Unidos em julho a serem conhecidos hoje (9h30) se contrastam com os números mais recentes do Brasil, onde mais de 65 milhões de pessoas se encontram fora da força de trabalho.

Mas o que importa mesmo no chamado payroll é se as empresas estão pagando mais para contratar trabalhadores por causa das condições apertadas do mercado de trabalho, o que pode provocar inflação e taxas de juros mais altas nos EUA. Com isso, o foco no documento estará no ganho médio por hora, que deve subir 0,3% ante junho e +2,7% em 12 meses.

Trata-se de um dos destaques da agenda norte-americana desta sexta-feira, que traz também o desempenho da balança comercial em junho, no mesmo horário, e do setor de serviços no mês passado (11h). Os dados do dia nos EUA são importantes para observar como a economia tem se mantido robusta, em meio às investidas protecionistas do governo Trump.

Sabe-se que o crescimento econômico do país é baseado no consumo interno e nas diversas atividades do setor terciário. Antes fosse, então, a intenção de Donald Trump de obter vantagens competitivas nas trocas internacionais apenas para reduzir o déficit comercial. A medida visa mesmo é compensar o aumento acelerado dos gastos do governo, que eleva a dívida pública.

Até por isso, a China tem afirmado que a abordagem de duas faces de Washington, combinando táticas duras e brandas contra Pequim, não irá funcionar. Por isso, a Casa Branca precisa corrigir sua atitude e não chantagear o país asiático, que é o maior detentor de títulos dos EUA (Treasuries), financiando a dívida norte-americana com o restante do mundo.

Diante de uma ameaça crescente de guerra comercial, a China tem se preparado e pode ser forçada a retaliar com outras ferramentas, transformando desafios em oportunidades. Tanto é que Pequim vem acumulando enormes reservas de ouro, comprando grandes quantidades do metal precioso de modo a se tornar cada vez menos dependente dos ativos norte-americanos.

Por: Olívia Bulla

Destaques corporativos 

Petrobras (BOV:PETR4): A Petrobras divulgou lucro líquido de R$ 10,072 bilhões no segundo trimestre de 2018. O resultado representa uma alta de 45% em relação ao primeiro trimestre de 2018, quando o lucro reportado pela estatal foi de R$ 6,961 bilhões. Com isso, a Petrobras registrou o melhor lucro trimestral nominal desde o 2º tri de 2011, quando a empresa reportou lucro de R$ 10,942 bilhões.

CCR (CCRO3): A CCR anunciou, por meio de fato relevante, alterações na diretoria da empresa, após mudança na presidência. A companhia anunciou ainda que adquiriu 97,15% de participação acionária na Aeris e 99,64% na IBSA.

Petrobras (PETR4): A Petrobras anunciou nesta sexta-feira, que o seu conselho de administração aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio no montante total de R$ 652,2 milhões, correspondente a um valor bruto de R$ 0,05 por ação, que será pago em 23 de agosto de 2018. O beneficio irá contemplar a posição acionária do dia 13 de agosto.

ABC Brasil (ABCB4): O banco ABC Brasil reportou lucro líquido de R$111,7 milhões no segundo trimestre de 2018.

IRB Brasil (IRBR3): No segundo trimestre de 2018 o lucro líquido do IRB Brasil avançou 24% em relação ao mesmo período de 2017, totalizando R$ 287,3 milhões, com um retorno sobre o patrimônio líquido médio (ROAE) de 33%.

SulAmérica (SULA11): A SulAmerica registrou lucro líquido de R$135,4 milhões no segundo trimestre de 2018, crescimento de 68% quando comparado ao 2T17.

Recomendação de ativos 

SulAmérica (SULA11): A equipe do UBS reiterou a recomendação neutra e preço-alvo de R$ 23 para a unit da SulAmérica. 

Gol (GOLL4): Os analistas do BTG Pactual cortaram o preço-alvo da Gol de R$ 35 para 18. A recomendação de compra foi reiterada.

Bradesco (BBDC4): O Itaú BBA revisou o preço-alvo para as ações do Bradesco, passando de R$ 38,50 para R$ 42,50. A recomendação outperform foi reiterada.

BR Distribuidora (BRDT3): O Morgan Stanley optou por reduzir o preço-alvo do papel, passando de R$ 19 para R$ 18,50.

B2W (BTOW3): Os analistas do Itaú BBA elevaram o preço-alvo da B2W para R$ 37, com recomendação outperform.

Itaú (ITUB4): Os analistas do UBS elevaram o preço-alvo do Itaú Unibanco para R$ 51. A recomendação de compra foi mantida.

Notícias

Minério de ferro: Revertendo as quedas dos últimos dias, os contratos futuros do minério de ferro, negociados na bolsa chinesa de Dalian, encerraram a jornada desta sexta-feira com valorização de 2,22% a 484,50 iuanes por tonelada.

Ana Amélia: O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, confirmou na noite desta quinta-feira (2), que a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) será sua candidata a vice-presidente.

Resultados trimestrais 

No radar de resultados desta sexta-feira, os investidores devem ficar atentos aos anúncios da Petrobras (PETR4), Banco ABC Brasil (ABCB4) e Dufry (DAGB33).

Agenda econômica 

CapturadeTela2018-08-03às09.16.55

Deixe um comentário