ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Favorito ao governo de MG nega imediata privatização da Cemig e da Copasa

LinkedIn

Em entrevista dada ontem à noite, o candidato ao Governo de Minas e provável vencedor do 2º turno Romeu Zema, declarou ontem que não pretende privatizar as companhias de energia, Cemig, e de saneamento, a Copasa, no curto prazo, como havia indicado anteriormente.

Seu plano será aumentar a eficiência, abrir setores para a concorrência e no longo prazo, se necessário, aí sim partir para privatização. O mercado deve reagir negativamente a essas declarações, afirmam analistas, pois esperava uma venda rápida das companhias. Mesmo assim, a expectativa é de melhora operacional das companhias, com a gestão menos intervencionista proposta pelo partido do governador, o Novo.

Segundo Zema, a situação financeira do Estado é tão grave que privatizar as empresas seria “tapar o sol com a peneira”. Ele estima que o governo mineiro está torrando uma Cemig a cada dois meses. “O que vai resolver privatizar essas empresas?”.

Ele afirmou que quer refinanciar a dívida do Estado com a União e que privatizar as estatais de imediato pouco resolve. Mas disse que vai profissionalizar as empresas e aumentar sua eficiência e citou a alta das ações da Cemig de 30%. “Essa questão da privatização é lá para frente”, disse.

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Comentários

  1. Gleisson Alexsandro Duarte diz:

    Nossa, o cara já está pensando em fazer merda no governo. Vai ter um mandato infernal se privatizar estas duas empresas.

Deixe um comentário