Paranapanema (PMAM3) registrou prejuízo de R$ 18.84 milhões no 3º trimestre de 2018

LinkedIn

A companhia Paranapanema anunciou um prejuízo líquido de R$ 18.84 milhões no 3º trimestre de 2018, resultado bem inferior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 97.88 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 54,77% de um ano para o outro, passando de R$ 955.6 milhões no 3º trimestre de 2017 para R$ 1.48 bilhões no 3º trimestre de 2018.

Os ativos totais da empresa Paranapanema totalizaram R$ 4.41 bilhões no 3º trimestre de 2018, soma 10,51% maior que o saldo de R$ 3.99 bilhões registrado no encerramento do 3º trimestre de 2017. O patrimônio líquido da companhia, por sua vez, apresentou retração de 44,01%, ao compararmos todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no último dia do 3º trimestre de 2018 (R$ 557.95 milhões) com o último dia do 3º trimestre de 2017 (R$ 996.6 milhões).

Todos estes dados referem-se à consolidação do resultado financeiro da companhia Paranapanema (BOV:PMAM3) com o resultado financeiro de todas as suas companhias subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia) relacionadas ao 3º trimestre de 2018.

Resultado da Paranapanema nos Últimos 12 Meses

A companhia Paranapanema acumulou um prejuízo líquido de R$ 473.38 milhões nos últimos doze meses, período entre o 4º trimestre de 2017 e o 3º trimestre de 2018. Esse resultado é 248,66% pior que o prejuízo líquido de R$ 135.77 milhões apurado na soma dos quatro trimestres do ano anterior. Já a receita líquida da companhia aumentou 30,68% entre o acumulado do último ano (R$ 3.51 bilhões) e o acumulado dos últimos doze meses (R$ 4.58 bilhões).

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a Paranapanema

Paranapanema é a maior produtora nacional não integrada de cobre primário, responsável pela produção e comercialização de cátodos, vergalhões, fios trefilados, laminados, barras, tubos e conexões de cobre e suas ligas. Atualmente, é responsável por 100% do volume de cobre primário produzido no País.

A companhia foi fundada em 1961 e tem capital aberto desde 1971, integrando o Novo Mercado da BMF Bovespa desde 2012. Possui três unidades industriais, sendo uma produtora de cobre primário (ou cobre refinado) no Polo Industrial de Camaçari, em Dias d’Ávila (BA), e duas de produtos de cobre e suas ligas – uma em Santo André (SP) e uma em Serra (ES). A Paranapanema é controladora do CDPC (Centro de Distribuição de Produtos de Cobre), com sede em Santo André (SP) e unidades na Bahia e no Rio de Janeiro.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário