ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Balanços elevam otimismo no exterior, cenário doméstica olha para Reforma da Previdência

LinkedIn

Atividade econômica

Volume de produção no setor de serviços brasileiro apresentou maior ritmo de expansão em onze meses. Embora o PMI Serviços do Brasil tenha apresentado crescimento marginal (de 51,9 em dezembro para 52,0 em janeiro), volume de produção obteve um ritmo acelerado de crescimento.

Um ambiente mais favorável no campo político e a estabilidade econômica foram os fatores que contribuíram para uma melhora no setor.

De modo geral, as firmas estão muito otimistas. Vale notar que houve aumento nas despesas com energia, combustíveis e equipamentos de aluguel; o que fez com que os preços cobrados aumentassem em janeiro. Dado o aumento das despesas, as firmas continuaram a demitir (num ritmo mais lento).

Mercados acionários

Os mercados acionários internacionais negociam com sinais positivos, apesar da liquidez reduzida devido ao feriado chinês de Ano Novo Lunar. O otimismo surge dos resultados corporativos nos Estados Unidos e Europa.

Os índices futuros norte-americanos dão sinais de leve alta, e os índices europeias se destacam com valorizações acima de 1% em Londres, Frankfurt e Paris. A tendência no mercado de juros internacional é de alta. Já o dólar se valoriza frente aos seus principais pares.

No Brasil, o mercado doméstico reage às repercussões criadas pela reforma elaborada por Paulo Guedes e sua equipe econômica. O texto propõe uma reforma mais rigorosa, e agora o presidente Jair Bolsonaro deve articular e mediar concessões diante dos interesses diversos.

Hoje o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que a reforma será muito diferente da minuta apresentada ontem. Diante da divergência dentro do governo, o Ibovespa abriu com leve queda enquanto os juros seguem tendência de alta.

Expectativas dos agentes

O dia será voltado principalmente aos resultados corporativos nos mercados acionários desenvolvidos. No Brasil, os resultados dividem atenções com as declarações a respeito da Reforma da Previdência. Vale notar que hoje começa o primeiro dia de reunião do Copom; a decisão da Selic será divulgada amanha às 18h00.

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br