Lucro 193% maior puxa valorização de Copel nesta sexta-feira

LinkedIn

Investing.com – As ações da Copel (BOV:CPLE6) operam com valorização de 2,51% a R$ 36,78, na tarde desta sexta-feira na bolsa paulista. A estatal paranaense de energia registrou lucro líquido de R$ 390,8 milhões no quarto trimestre, salto de 193,2% na comparação com igual período de 2017, conforme balanço divulgado na madrugada desta sexta-feira.

Para todo o ano de 2018, o lucro líquido da companhia somou 1,44 bilhão de reais, avanço de 29,1 sobre o ano anterior.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou 756,6 milhões de reais entre outubro e dezembro do ano passado (+45). O Ebitda da companhia fechou 2018 com expansão de 9,4, a 3,14 bilhões de reais.

A Copel disse ainda que, em 2019, pretende realizar investimentos no montante de 2 bilhões de reais, uma redução de 22,4 em relação ao que foi realizado no ano de 2018.

“Destaca-se o segmento de distribuição, com investimentos planejados no montante de 836 milhões de reais para execução de obras de melhoria, modernização, ampliação e reforço do sistema de distribuição de energia elétrica no Paraná. Empreendimentos de geração e transmissão vão receber 854 milhões de reais que serão alocados, basicamente, na conclusão das obras em curso”, afirmou a empresa

Para a Mirae Asset, no geral o resultado operacional ficou abaixo da expectativa. A corretora não espera alteração de margens para a Copel ao longo do ano e diante da falta de upside, segue com recomendação neutra para a CPLE6.

O BTG Pactual destaca que as ações da companhia tiveram uma boa performance nos últimos meses. Esse forte desempenho foi impulsionado por um discurso mais pró-mercado da nova equipe de gestão, principalmente sobre corte de custos, disciplina de capital e desinvestimentos. A empresa tem planos para venda de ativos de telecomunicação. Assim, a equipe do banco avalia que se a empresa conseguir resolver essas questões, ainda existe espaço para uma reclassificação significativa.

Deixe um comentário