"Uma distorção grotesca da intenção original das criptomoedas", diz McAfee sobre moeda do Facebook

LinkedIn

Toda a comunidade cripto têm debatido muito sobre a criptomoeda do Facebook, mesmo antes do anúncio oficial. Desde o lançamento de seu whitepaper (veja o documento) no último mês, as críticas aumentaram.

Muitas figuras do mercado já disseram que as pessoas não deveriam confiar na Libra, e até o cofundador do Facebook chegou a dizer que países devem intervir.

Agora, foi a vez do cientista da computação e entusiasta das criptomoedas, John McAfee, falar sobre o assunto.

O bilionário usou sua conta no Twitter na terça-feira (2), para dar a sua opinião sobre a Libra, e também criticou a necessidade de apresentar identidade digital:

“A Libra é uma distorção grotesca da intenção original das criptomoedas — Liberdade econômica. É uma implementação maliciosa da identidade digital — Nosso número de rastreamento. ‘A identidade digital é um pré-requisito’, diz o FB. Não! O mercado de moedas de privacidade anônimas de US$ 7 bilhões desmente isso.”

No mês passado, Chanpeng ‘CZ’ Zhao, CEO da Binance, maior exchange de criptomoedas do mundo, deu sua opinião sobre a moeda do Facebook.

Ele afirmou que a mídia social já possui todos os dados dos usuários, e que por isso não é necessário KYC (‘Conheça Seu Cliente’, é uma forma de identificar o usuário).

“A moeda do Facebook não precisa de KYC. Eles têm muito mais dados sobre os 2 bilhões de pessoas. Não apenas meu nome, identidade, endereço, número de telefone. Eles conhecem sua família, amigos, localização histórica/em tempo real, o que você gosta… Eles te conhecem mais do que você. E agora sua carteira também. Melhor AML!”

O termo AML (ou PMD, Prevenção à Lavagem de Dinheiro), faz referência à normas e procedimentos implementados pelas autoridades reguladoras para combater os crimes de lavagem de dinheiro e o financiamento ao terrorismo.

Embora a declaração de CZ  possa ser até assustadora para alguns, a Binance vê potencial na Libra.

Recentemente, o diretor de estratégias da exchange, Gin Chao, contou que a empresa está conversando com o Facebook sobre sua criptomoeda e que há interesse por listar a moeda na plataforma da Binance.

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário