Petróleo fecha em queda com as preocupações de excesso de oferta

LinkedIn

Os preços do petróleo caíram na segunda-feira, com as preocupações de excesso de oferta pressionando os preços, mesmo com a Opep e seus aliados concordando em reduzir a produção em 9,7 milhões de barris por dia.

O acordo, que foi finalizado no domingo após discussões que duraram quatro dias, é o maior corte de produção da história.

O petróleo bruto West Texas Intermediário dos EUA (NASDAQ:CL\K20) caiu 1,54%, para fechar em US$ 22,41 por barril, enquanto o petróleo brent de referência internacional (NASDAQ:BZ\M20) subiu 33 centavos, para US$ 31,81 por barril.

No início da sessão, o WTI havia subido 8%. “É simplesmente tarde demais para impedir um estoque super grande de mais de um bilhão de barris entre meados de março e o final de maio e impedir que os preços spot caiam em um dígito”, disse Ed Morse, chefe global de commodities do Citi, em nota.

 

Deixe um comentário