Cesp: reverte o prejuízo de 2019 e registra lucro no 2T20

LinkedIn

A Cesp registrou lucro líquido de R$ 138 milhões no segundo trimestre deste ano, revertendo o prejuízo de R$ 4 milhões apurados no mesmo período de 2019. A companhia atribuiu o desempenho à combinação de aumento de receita e redução dos custos e despesas gerenciáveis.

A receita líquida subiu 32%, para R$ 485,5 milhões, com a empresa informando que o desempenho foi conquistado com a sazonalização de energia vendida, início das operações de trading pela Cesp Comercializadora e pela atualização dos contratos indexados ao dólar.

Os custos e despesas operacionais caíram de R$ 268 milhões para R$ 188 milhões, em função de fatores não recorrentes, com uma reversão de provisão de R$ 134 milhões para litígios. Excluindo os efeitos não recorrentes, os custos e as despesas operacionais no segundo trimestre totalizaram R$ 196 milhões, aumento de 32%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) dobrou em relação ao segundo trimestre de 2019, para R$ 398 milhões. Excluindo os itens não recorrentes, o Ebitda subiu 31%, para R$ 287,3 milhões, graças ao aumento da receita e a redução nos custos e despesas.

A Cesp informou ainda que a produção de energia elétrica nas usinas atingiu 966 megawatts (MW) médios, alta de 2%. “Esse aumento da produção ocorreu devido a fatores sistêmicos ligados à política de despacho praticada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) para o Sistema Interligado Nacional (SIN)”, diz trecho do comunicado da companhia.

As usinas atingiram o índice de disponibilidade médio de 94,5%, valor superior em relação ao visto no ano passado, quando atingiu 93,9%.

Por Ivan Ryngelblum, Valor

Deixe um comentário