Gol tem nota de rating rebaixada por agência Fitch após queda na demanda por viagens

LinkedIn

A agência de classificação de riscos Fitch Ratings rebaixou a nota de longo prazo em moeda estrangeira e local da Gol (BOV:GOLL4) de “B-” para “CCC-”, e o rating de longo prazo em escala nacional de “BB(bra)” para “CCC(bra)”.

A decisão reflete os efeitos da queda na demanda por viagens aéreas no Brasil, a elevada incerteza em relação à recuperação do setor e a limitada flexibilidade financeira da Gol para angariar novos recursos.

A Fitch demonstra preocupação de que a combinação de um ambiente de negócios debilitado com o processo de negociação de dívidas com bancos e acesso limitado a linhas de crédito pode resultar em uma reestruturação da dívida corporativa. Dependendo dos termos, ela poderá ser classificada como calote.

A expectativa da Fitch para a Gol é de que ela enfrente uma forte queda na demanda por viagens em 2020, com a empresa apenas se recuperando plenamente entre 2022 e 2023. Ela estima ainda queda de 60% a 70% da receita no terceiro trimestre e recuo de 50% no quarto trimestre.

Caso a Gol consiga refinanciar sua dívida, seja por meio de recursos do BNDES ou via mercado de capitais, a Fitch pode elevar o rating da Gol. Um rebaixamento ocorrerá se a empresa apresentar piora no perfil de liquidez ou dificuldades de conseguir financiamento.

Por Ivan Ryngelblum, Valor

Deixe um comentário