IPC-S semanal de 15 de agosto varia 0,52%

LinkedIn

O IPC-S de 15 de agosto de 2020 variou 0,52%, ficando 0,02 ponto percentual (p.p) abaixo da taxa registrada na última divulgação.

Nesta apuração, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Transportes (1,19% para 1,02%). Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item gasolina, cuja taxa passou de 3,65% para 3,07%.

Também registraram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Educação, Leitura e Recreação (-0,60% para -0,81%), Habitação (0,76% para 0,67%) e Comunicação (0,73% para 0,55%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: passagem aérea (-0,84% para -5,92%), tarifa de eletricidade residencial (2,19% para 1,77%) e combo de telefonia, internet e TV por assinatura (1,37% para 0,99%). Em contrapartida, os grupos Alimentação (0,36% para 0,63%), Despesas Diversas (0,31% para 0,47%) e Vestuário (-0,18% para -0,14%) apresentaram avanço em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: hortaliças e legumes (-10,29% para -7,61%), serviços bancários (0,27% para 0,55%) e roupas (-0,42% para -0,31%).

O grupo Saúde e Cuidados Pessoais repetiu a taxa de variação de 0,52% registrada na última apuração. As principais influências partiram dos itens: artigos de higiene e cuidado pessoal (0,63% para 0,78%), em sentido ascendente, e medicamentos em geral (0,58% para 0,39%), em sentido descendente.

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 22.08.2020 será divulgado no dia 24.08.2020.

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) calcula a variação de preços de produtos e serviços em sete capitais do país. É medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e teve seu início de apuração em 2003.

Como é calculado o IPC-S?

O IPC-S registra a evolução de preços de maneira quadrissemanal, com fechamentos nos dias 7, 15, 22 e 30 de cada mês. São sempre consideradas quatro semanas (por isso o nome quadrissemana). Por exemplo, no fechamento do dia 7 do mês atual, o cálculo é realizado com base nessa primeira semana e nas três últimas do mês anterior. Já no fechamento do dia 15, o cálculo considera as duas últimas semanas do anterior e as duas primeiras do atual.

As coletas de preços de 425 itens são realizadas a cada dez dias, em 2.500 estabelecimentos de 12 capitais, totalizando 180 mil cotações mensais; donas de casa treinadas pesquisam preços de alimentação no domicílio, produtos de limpeza, higiene e serviços a cada dez dias; e funcionários da FGV, em consulta mensal, pesquisam os demais grupos de bens e serviços constitutivos da cesta básica do IPC; com estrutura definida com base na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), tem seus pesos corrigidos mensalmente.

O IPC-S mede a inflação para que parcela da população? O indicador reflete o custo de vida de famílias com renda mensal de 1 a 33 salários mínimos, residentes nas seguintes capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e Brasília.

Para que é usado o IPC-S?

Reajustes salariais e contratos de aluguéis.

fonte FGV

Deixe um comentário