Outro 1 milhão se candidatou a benefícios de desemprego enquanto a pandemia de coronavírus continua atingindo a economia

LinkedIn

O número de americanos que solicitaram seguro-desemprego pela primeira vez ficou acima de 1 milhão pela segunda semana consecutiva, enquanto a economia tenta se recuperar da pandemia do coronavírus, informou o Departamento do Trabalho na quinta-feira.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA totalizaram pouco mais de 1 milhão na semana encerrada em 22 de agosto. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam os pedidos iniciais de auxílio-desemprego, ante 1,104 milhão na semana anterior.

A semana passada marcou a 22ª vez em 23 semanas que as reivindicações iniciais estavam acima de 1 milhão.

Os sinistros contínuos – que representam aqueles que recebem seguro-desemprego por pelo menos duas semanas consecutivas – caíram em 223.000 para 14,535 milhões na semana encerrada em 15 de agosto. Os dados sobre os sinistros contínuos estão atrasados ​​em uma semana.

O relatório de quinta-feira segue um lote misto de dados econômicos. Os pedidos de bens duráveis ​​para julho aumentaram 11,2% no mês passado, enquanto as vendas de novas casas aumentaram 36% no mês passado. No entanto, a confiança do consumidor caiu em agosto pelo segundo mês consecutivo.

Wall Street também está de olho nos dados de desemprego, já que os legisladores ainda precisam avançar em um novo pacote de estímulo ao coronavírus.

Fonte CNBC

 

Deixe um comentário