Paranapanema (PMAM3) 2T20: Prejuízo de R$ 276,4 milhões

LinkedIn

Paranapanema, registrou um prejuízo líquido de R$ 276,4 milhões no segundo trimestre de 2020. No mesmo período de 2019, a empresa apurou R$ 102,8 milhões de líquido.

Os resultados da Paranapanema (BOV:PMAM3) referente a suas operações do segundo trimestre de 2020, foram divulgados no dia 31/07/2020.

→ A Paranapanema, empresa que atua na fundição, no refino de cobre primário e na produção de semimanufaturados de cobre e suas ligas, sendo líder de vendas de cobre refinado no país, possui R$ 560 milhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

receita líquida da Paranapanema caiu 22%, para R$ 1,1 bilhão, sofrendo com efeito negativo do ajuste de avaliação patrimonial (Other Comprehensive Income – OCI), que corresponde ao efeito não monetário da variação cambial de 2015 diferida por conta de ajustes na contabilidade de “hedge”, afetando negativamente a receita em R$ 12,2 milhões.

O Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização (Ebitda), foi negativo em R$ 95 milhões, revertendo o lucro de R$ 117 milhões, influenciado pelos créditos de PIS e Cofins. Excluindo este e outros itens não recorrentes, o resultado foi negativo em R$ 44,3 milhões, revertendo o saldo positivo do ano passado.

A empresa também informou que a operação de Locação terminou o junho com 2.484 imóveis sob administração, o que equivale uma aumento de 6% na comparação anual. entretanto, esse aumento ainda não reflete na receita, devido as renegociações de local e o aumento da inadimplência ocorrido durante a pandemia, segundo a companhia.

A despesa financeira líquida somou R$ 136,1 milhões, revertendo a receita de R$ 47,3 milhões do mesmo período de 2019. Apesar da receita ter crescido 11,3 vezes, para R$ 565 milhões, as despesas avançaram 299,4 vezes, para R$ 701 milhões.

A Paranapanema registrou uma despesa operacional de R$ 104,8 milhões no segundo trimestre, revertendo o saldo positivo de R$ 12,7 milhões do mesmo período de 2019, quando ela reconheceu R$ 83,6 milhões em crédito da exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins.

→ Confira a agenda completa e a matéria dos resultados trimestrais do 2T20 de todas as empresas da B3.

 

Deixe um comentário