Azul recebe certificações para iniciar operações com primeiro cargueiro Embraer E195

LinkedIn

A Azul (BOV:AZUL4) divulgou, que recebeu as certificações necessárias para iniciar as operações com o primeiro jato cargueiro Embraer E195 em todo o mundo.

O primeiro voo com a nova aeronave cargueira da empresa ocorreu no dia 26 de setembro.

“Três outros aviões serão adaptados para o transporte de cargas até o final do ano, beneficiando nossos clientes de ecommerce com uma solução de logística única e dedicada”, afirmou a aérea. A Azul informou ainda que duas das quatro aeronaves serão dedicadas para uma empresa de e-commerce por um período de pelo menos seis meses.

Os quatro cargueiros da Embraer se juntam aos dois Boeings 737-400F, ampliando para seis o total de aeronaves exclusivamente dedicadas à Azul Cargo Express, a unidade de negócios de cargas da Azul.

A companhia conta ainda com cinco aviões modelo ATR que transportam clientes, mas que são rapidamente transformados em cargueiros, aumentando a oferta dedicada.

“A combinação destes aviões dedicados com a capacidade disponível em nossa malha de transporte de passageiros, a maior do Brasil, contribuirão para aumentar a eficiência e capacidade logística da Azul Cargo Express”, destacou a empresa.

“Estamos muito animados com a diversificação de nosso modelo de negócios proporcionada pela adaptação destas quatro aeronaves da Embraer. O tamanho, alcance, e performance do E195, resultam na combinação ideal de capacidade disponível em termos de peso e volume, além de um baixo custo por viagem, sendo ideal para o oferecimento de um serviço de logística eficiente com acesso a todo o país. Temos visto um forte aumento na demanda pelos serviços da Azul Cargo Express e procuramos sempre inovar para atender as necessidades de nossos clientes. Com estas aeronaves dedicadas, a capacidade que temos na maior malha aérea do Brasil, e com nossas parcerias, estamos bem posicionados para atender a demanda pelos nossos serviços de logística, especialmente nossos clientes de e-commerce. Nossas soluções logísticas tem o potencial de transformar o e-commerce no Brasil”, disse John Rodgerson, CEO da Azul.

Deixe um comentário