ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Bom dia ADVFN - Debate contido entre Trump e Biden e IPCA no radar - 23/10/2020

LinkedIn

23/10/2020: Esse é o Bom dia, Investidor!  23 de outubro de 2020, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

As Bolsas mundiais operam no positivo após debate menos tenso entre Trump e Biden. O índice S&P 500 caminha para sua pior queda semanal neste mês de outubro, com impasse no pacote de estímulos nos EUA

Na Ásia, as bolsas asiáticas fecharam sem direção definida, à medida que investidores monitoram os dados sobre o coronavírus em economias importantes. O índice de Shanghai, na China, fechou em queda de 1,04%. Mas o índice Nikkei, do Japão, subiu 0,18%; o Hang Seng Index, de Hong Kong, teve alta de 0,54%; e o Kospi, da Coreia do Sul, alta de 0,24%.

Europa, os mercados na Europa abriram em alta neste momento, refletindo boas notícias de ganhos corporativos em meio a sua temporada de balanços. As ações das montadoras vão ganhando destaque, depois que a alemã Daimler (Mercedes-Benz) aumentou sua previsão de lucro para o ano inteiro. O banco Barclays reportou lucro líquido de US$ 797,7 milhões no terceiro trimestre, mais do que o dobro das expectativas de analistas. As preocupações com o coronavírus continuam, há evidências crescentes de que a pandemia está piorando. As infecções alemãs saltaram para um recorde e o ministro da saúde da Espanha disse que a disseminação do coronavírus está fora de controle em certas partes do país.

Estados Unidosos índices futuros americanos operam próximos da estabilidade, os investidores observam as cenas finais na composição de um novo pacote de estímulos econômicos em Washington com cada vez menos chance de ser aprovado. A dez dias da eleição, Trump baixou o tom ontem à noite no debate, revendo o estilo agressivo do primeiro debate, na tentativa de conquistar os 8% de indecisos e estreitar a vantagem de Biden nas pesquisas. Não há estresse em Wall Street, onde os investidores já apostam no democrata e em um novo pacote de estímulos fiscais mais robusto. Porém,  a contaminação pelo coronavírus também tem se acelerado nos Estados Unidos. A U.S. Food and Drug Administration, agência americana responsável por aprovar medicamentos antes de chegarem ao mercado, aprovou o antiviral remdesvir, da farmacêutica Gilead Sciences, como tratamento para a Covid-19. Ele será vendido com o nome de Veklury, e é o primeiro tratamento contra o coronavírus completamente aprovado pela agência durante a pandemia.

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\Z20) estão sendo negociados a US$40,51, baixa de -0,32%. O Brent (NYMEX:BZ) também opera em baixa de -0,21%, negociado a US$ 42,37.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 12.940,91. O ouro (COMEX:GC\Z20) é negociado a US$ 1.899,90 por onça-troy.

⇒ As condições que tornam o ouro um investimento atraente

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam em baixa de 3,14%, cotados a 771,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 115,65.

Coronavírus

O mundo registra 41.734.275 de casos de coronavírus e 1.137.825 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

No Brasil, o Ministério da Saúde divulgou na quinta-feira (22) mais 24.858 novos casos confirmados de Covid-19 no Brasil e 497 novas mortes em decorrência do vírus. O total de infectados no país soma 5.323.630 e o total de óbitos 155.900.

A morte do voluntário brasileiro nos testes com a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca não teve relação com efeitos da substância, mas com complicações de Covid-19 que o homem, que era médico, contraiu enquanto atuava na linha de frente do combate à pandemia.

Brasil

A vacina de Oxford terá insumos farmacêuticos da China. É o que afirmou o presidente da Anvisa em meio ao impasse envolvendo a vacina chinesa Coronavac.

O laboratório União Química, que pretende testar a vacina russa contra a Covid-19, disse que recebeu parte dos insumos e da tecnologia usada no desenvolvimento da Sputnik V. O material será usado em pesquisas iniciais, que são feitas antes da oficialização do pedido à Anvisa.

Poderes

O governo anunciou a liberação de R$ 30 milhões para o meio ambiente. O dinheiro será destinado ao ICM-BIO e ao Ibama, que tinha determinado a suspensão das ações de combate às queimadas em todo o país por falta de recursos para manter os trabalhos.

Justiça

A posse de Kassio Nunes Marques como ministro do Supremo Tribunal Federal está marcada para o dia 5 de novembro. Ele se encontrou ontem com o presidente do Supremo, Luiz Fux.

Economia

O dia marca a divulgação do IPCA-15 de outubro (9h) e as contas externas em setembro (9h30), indicadores que encerram a semana.

Estados Unidos

Joe Biden foi melhor no debate da quinta-feira (22), de acordo com a pesquisa instantânea da CNN com telespectadores. Ao todo, 53% dos votantes que assistiram ao debate disseram que Biden venceu, enquanto 39% afirmaram que o presidente Donald Trump foi quem ganhou. Esse foi um resultado mais positivo para Trump. Na pesquisa instantânea após o primeiro debate, apenas 28% haviam dito que pensavam que o presidente havia vencido o debate e 67% tinham achado injustas as críticas a Joe Biden.

Especial ADVFN ⇒ PIX: O novo capítulo do Banco Central para estimular concorrência

A semana chega ao fim com o calendário econômico, enfim, ganhando força no Brasil. O destaque fica com a prévia deste mês da inflação ao consumidor (IPCA-15), mas também serão conhecidos o índice de confiança do consumidor em outubro e os dados do BC sobre o setor externo. No exterior, saem os números preliminares de outubro sobre a atividade nos setores industrial e de serviços na zona do euro e nos EUA.

Confira a agenda:

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓 23/10

(GB) Vendas no varejo (03h00)
(ALE) PMI composto, industrial e de serviços (04h55)
(EUR) PMI composto, industrial e de serviços (05h00)
(GB) PMI composto, industrial e de serviços (05h30)
(BR) Índice IPC-S (08h00)
(BR) Sondagem do consumidor (08h00)
(BR) IPCA-15 (09h00) *
(BR) Transações correntes
(BR) Investimento estrangeiro direto
(EUA) PMI composto, industrial e de serviços (10h45)
(EUA) Contagem de sondas Baker Hughes (14h00)

Proventos Hoje :

Data “Com” – Hypera negociada como data “Com”…

Data “Ex” – Nenhuma ação negociada como data “Ex”…

Pagamento – Multiplan (MULT) e MRV (MRVE) agendados para hoje…

(BR) Resultados Trimestrais :

Hypera (HYPE)

(EUA) Resultados Trimestrais :

American Express (AXP) (AXPB34)

Ibovespa e dólar no último pregão:
Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 1,36%, a 101.917,73 pontos, superando os 102 mil pontos na máxima da sessão (102.020,44 pontos), patamar que não ultrapassava desde o começo de setembro. Na semana, o Ibovespa já acumula alta de 3,67%. O volume financeiro na bolsa nesta quinta-feira alcançou 28,1 bilhões de reais.

 

Maiores altas do Ibovespa

ITUB4 +5.14% / R$ 25,77
PRIO3 +4.92% / R$ 37,68
WEGE3 +4.73% / R$ 82,11
BBDC4 +4.60% / R$ 22,72
BBAS3 +4.34%  / R$ 33,65

Maiores baixas do Ibovespa
OGN3 -2.57% / R$ 4,91
BRML3 -2.36% / R$ 9,48
BTOW3 -2.29% / R$ 87,10
B3SA3 -2.26% / R$ 56,07
LAME4 -2.10% / R$ 26,02

Trends da semana: O potencial de lucro da YDUQ3, SEER3, COGN3, ANIM3, BAHI3, GPIV33 e as IPO’s do setor que vem por aí

Dólar    

dólar comercial:  O dólar à vista caiu 0,38%, a R$5,5949 na venda. A moeda oscilou entre alta de 0,19% (para R$5,627 ) e queda de 0,95%, a R$5,5632.

Ifix   

IFIX , Após onze altas seguidas, o IFIX fechou a sessão de quinta-feira (22) em queda de 0,06%, aos 2.826,99 pontos. A movimentação financeira foi de R$ 193,15 milhões.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, A bula do mercado, Agência Brasil e BDM.

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário