Goldman Sachs tem lucro de US$ 3,62 bilhões (US$ 9,68 por ação) no 3T20

LinkedIn

O Goldman Sachs (NYSE:GS) divulgou na quarta-feira resultados do terceiro trimestre que esmagaram as estimativas de lucro dos analistas sobre resultados, mais fortes do que o esperado, no comércio de títulos e gestão de ativos.

As ações da Goldman Sachs também são negociadas na B3 através da BDR (BOV:GSGI34).

A empresa gerou US$ 3,62 bilhões em lucro, ou um recorde de US$ 9,68 por ação, excedendo a estimativa de US$ 5,57 por ação de analistas consultados pela Refinitiv. A receita em toda a empresa aumentou 30% para US$ 10,78 bilhões, superando a estimativa em mais de US$ 1 bilhão, impulsionada pelas divisões de negociação e gestão de ativos.

As ações do banco ganharam 0,6% após subir 2,2% no início das negociações de pré-market.

“Nossa capacidade de atender clientes que estão navegando em um ambiente muito incerto gerou um forte desempenho em toda a franquia, construindo um forte primeiro semestre do ano”, disse o CEO David Solomon no comunicado.

A divisão de trading gerou receita de US$ 4,55 bilhões, um aumento de 29% em relação ao ano anterior. Esse ganho foi alimentado por resultados de negociação de títulos de US$ 2,5 bilhões, quase meio bilhão de dólares a mais do que os analistas pesquisados ​​pela FactSet esperavam. A receita de negociação de ações de US$ 2,05 bilhões correspondeu essencialmente às expectativas.

A divisão de gerenciamento de ativos gerou receita de US$ 2,77 bilhões, um ganho de 71% em relação ao ano anterior e quase US$ 900 milhões a mais do que a estimativa da FactSet de US$ 1,91 bilhão.

O Goldman disse que o resultado foi impulsionado por receitas “significativamente maiores” de investimentos em ações e empréstimos e investimentos em dívida. O banco detém uma carteira de ações de empresas públicas e privadas nesta divisão, e os níveis mais elevados de mercado em ações públicas impulsionaram o ritmo, disse a empresa.

Solomon acaba de completar seu segundo ano à frente da Goldman Sachs, mas ainda está deixando sua marca na empresa. No mês passado, ele reestruturou vários de seus negócios e nomeou novos chefes para as divisões de gestão de ativos e gestão de bens e consumo do banco com sede em Nova York.

O banco de investimentos de 151 anos está passando por uma transformação, lançando uma série de produtos bancários digitais na esperança de desestabilizar seus concorrentes de banco de varejos.

Também está pressionando para obter mais receita da gestão de fortunas, como o rival Morgan Stanley, mas não anunciou megadeals como as duas grandes aquisições que o Morgan Stanley divulgou este ano.

As ações do Goldman caíram 8,3% este ano até terça-feira, um declínio menor do que a maioria dos grandes bancos e a queda de 31% do KBW Bank Index.

Em outros ganhos bancários, o Bank of America disse na quarta-feira que gerou US$ 20,45 bilhões em receita total, perdendo para a estimativa de US$ 20,8 bilhões dos analistas consultados pela Refinitv. O Wells Fargo relatou resultados decepcionantes no terceiro trimestre, já que as taxas baixas pressionaram a receita líquida de juros do banco.

Na terça-feira, os rivais JPMorgan Chase e Citigroup divulgaram resultados que superaram as expectativas dos analistas, já que ambos os bancos reservaram menos dinheiro para empréstimos inadimplentes.

Lucro: US$ 9,68 por ação, contra US$ 5,57 esperados pela estimativa de consenso da Refinitiv.

Receita: US$ 10,78 bilhões, contra US$ 9,46 bilhões estimados.

Receita de negociação: Renda fixa de US$ 2,5 bilhões contra US$ 2,03 bilhões da estimativa do FactSet, Ações de US$ 2,05 bilhões contra US$ 2,02 bilhões da estimativa.

Deixe um comentário