Itaú Unibanco (ITUB3/ITUB4) 3T20: lucro líquido fica em R$ 5,030 bilhões

LinkedIn

Na comparação do último balanço com o anterior, do 2T20, o lucro líquido cresceu 19,6%, porém, quando o resultado é comparado com o mesmo período do ano passado (3T19), a queda chega a 29,7%.

Os resultados do Itaú Unibanco (BOV:ITUB3) e (BOV:ITUB4) referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2020 foram divulgados no dia 03/11/2020.

→ O maior banco privado do Brasil possui  R$ 254,6 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Embora os números de lucro líquido não tenham sido muito animadores na comparação anual, quando se toma o resultado entre trimestres há uma recuperação expressiva. Segundo o banco, isso se deve, sobretudo, a algumas linhas de negócios, entre eles o imobiliário e de veículos, além da receita com serviços e seguros, que estão se ajustando novamente acompanhando a recuperação da atividade econômica.

 Outras informações do balanço

O lucro contábil ficou em R$ 4,49 bilhões no 3T20, um resultado 19,4% menor do que o registrado no 3T19, quando acumulou R$ 5,57 bilhões.

A despesa de provisão para créditos de liquidação duvidosa (PDD) reduziu 16,2% na comparação entre o segundo e terceiro trimestre de 2020, um montante de R$ 6,3 bilhões. Isso se de pela menor necessidade de constituição de provisão para perdas neste trimestre, que ficou em R$ 51,1 bilhões.

Outro índice que merece destaque nesse comparativo entre os dois trimestres é o de inadimplência, medido por créditos vencidos há mais de 90 dias. Ele ficou em 2,2% no 3T20, 0,5 ponto percentual a menos que o registrado no trimestre anterior.

Teleconferência

Candido Bracher, em teleconferência com analistas, comunicou que três quartos da redução de margem financeira vista pela instituição nos últimos trimestres vêm da pandemia de coronavírus.

“Parte [da margem] vai voltar em breve, com a retomada da economia, mas parte vai demorar, porque as linhas do governo são de longo prazo, não vencem só no próximo ano. Isso é negativo para as margens, mas positivo para a qualidade do crédito”, comentou

O Itaú decidiu priorizar as linhas de varejo que fornecem menor risco e menor retorno.

“A gente vê a carteira crescendo, mas já tivemos migração de varejo para o atacado, e ela tende a continuar se refletindo na margem financeira. Dentro do varejo, migramos para linhas com spread e risco menores”, disse Bracher.

De acordo com o executivo, não é aconselhado esperar um cenário futuro muito otimista.

Bracher reconhece que está em um cenário desconhecido, ainda que acredite na perspectiva de aumento do PIB de 2% a 3% em 2021. “É difícil saber o peso que o auxílio emergencial e demais benefícios com utilização de recursos fiscais tiveram nessa recuperação e como a retirada disso terá impacto na economia”, afirmou.

“A maior parte dos ganhos de eficiência vem de melhor uso da tecnologia. O Milton [Maluhy, novo CEO] está confiante que vai continuar melhorando o nível de eficiência, que vamos ter ganhos significativos no futuro”.

O executivo diz que o progresso de expansão de resultados do Banco é fundamentado na transformação digital e ganho de eficiência. “O maior desafio é transformar nossa estrutura, com sistemas legados, resultados de fusões e aquisições, de forma a ter ‘time to market’, um pensamento de atuação mais semelhante ao das fintechs”.

“Nós temos um projeto plurianual. Estamos há dois anos trabalhando e durará ainda um bom tempo”, disse, ao acrescentar que tem feito progressos nessa área.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI

O Bradesco BBI afirmou que os resultados do Itaú estão 14% acima de sua estimativa, e 4% acima do consenso do mercado. O banco elevou a estimativa de ganhos em 5% para 2020 e em 4% para 2021.

Assim, manteve a classificação em outperform, e o preço-alvo em R$ 37.

BTG Pactual 

O Itaú Unibanco divulgou os resultados do 3T20 e, de maneira geral, acreditamos que os números vieram em linha com as expectativas. A NII (margem financeira) foi um destaque negativo, mas as provisões para perdas com empréstimos melhores do que o esperado e o bom controle de custos levaram a superar as estimativas (do BTG e do consenso) de lucro por ação (LPA) em, aproximadamente, 3%.

Milton Maluhy, o atual CFO, com “apenas” 44 anos, foi escolhido para o cargo mais importante do maior banco do Brasil. Em nossa opinião, ser jovem envia uma mensagem muito importante de continuidade de longo prazo, especialmente porque muitas decisões importantes tomadas hoje levarão tempo para produzir resultados.

Vemos o Itaú ex- XP negociando com desconto de 7% em relação ao Bradesco e acreditamos que a diferença pode desaparecer. As ADRs do Itaú subiram 8% no aftermarket, com as ações do XP caindo 9%.

BTG Pactual tem recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 34,00.

Credit Suisse

Para o Credit Suisse, o resultado foi neutro a ligeiramente positivo, com o lucro líquido acima do consenso por provisões abaixo do esperado, que mais do que compensaram o desempenho mais fraco de receita líquida de juros (ou NII, na sigla em inglês) .

Do lado positivo, o Itaú tem mostrado tendência de qualidade de ativos melhores do que o esperado e melhores do que os pares, com primeiros sinais positivos dos de empréstimos reperfilados e boa cobertura de novas inadimplências, levando a um fortalecimento ainda maior de seu balanço e indicando que o pico de provisões já passou.

Do lado negativo, o NII com o desempenho dos clientes foi mais uma vez impactado significativamente pela mudança do mix para empréstimos de menor yield, levando a um fraco desempenho de receita. “Depois dos resultados do Bradesco e do Santander na semana passada, acreditamos que o mercado já antecipou bastante o ambiente mais positivo para o custo do risco e o cenário mais fraco para o NII”, avaliam os analistas do Credit.

Eleven Financial

O Itaú reportou um bom resultado no 3T20, em linha com nossas estimativas e com o consenso, mas o destaque fica por conta da criação da NewCo para fazer a cisão da XP.

O Itaú reportou bons resultados 3T20, mas o destaque fica por conta do anúncio de que estão avaliando a segregação de XP Inc formando uma nova sociedade “Newco”.

O Itaú reportou um lucro líquido recorrente de R$ 5,0 milhões no 3T20, em linha com nossas estimativas e com o consenso de mercado, representando um crescimento de 19,6%, mas ainda uma queda de 30% no comparativo anual.

As receitas com serviços e resultados com seguros foram um destaque positivo, com aumento de 2,3% T/T e 12,0% A/A.

Comparando com os demais bancos que publicaram seus resultados do 3T20, os números podem sugerir que para o Itaú e Santander a inadimplência acima de 90 dias deve iniciar o ciclo de subida no 4T20, e o Bradesco provavelmente terá seu ciclo adiado para 2021.

A Eleven reforça a visão de que os bancos estão de forma geral com níveis confortáveis de provisão, com destaque para Bradesco e Itaú.

A Eleven mantém recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 34,00…

Guide Investimentos

Para o analista Luis Sales, o Impacto é Positivo. Mesmo mantendo relevantes despesas com PDD, a companhia mostrou forte melhora de sua margens. Ainda, o banco teve uma redução do custo de crédito.

 

Safra

Os analistas veem como negativo uma receita líquida de juros fraca, impactada por corte nas taxas de juros sobre capital de giro e um mix com menor spread de crédito. Outro ponto importante é a cisão que a empresa pretende fazer com a XP e a alienação de 5% restantes na corretora.

O Safra mantém recomendação outperform para Itaú, com preço-alvo de R$ 25,32…

Deixe um comentário