Linx (LINX3) 3T20: Prejuízo líquido de R$ 7,9 milhões

LinkedIn

A Linx apresentou prejuízo líquido de R$ 7,9 milhões no terceiro trimestre deste ano, ante perda de R$ 171 mil no mesmo período de 2019.

Os resultados da Linx (BOV:LINX3) referente a suas operações do segundo trimestre de 2020, foram divulgados no dia 09/11/2020.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – de R$ 44,6 milhões no penúltimo trimestre deste ano, 11,3% acima do Ebitda de R$ 40 milhões de igual intervalo do ano passado., A margem Ebitda passou de 20,4% para 20,2% entre os dois períodos.

Trader ? Faça um Coaching de Investimentos com a YouTrade e obtenha resultados consistentes.

→ A Linx possui R$ 7,01 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

A receita operacional líquida foi de R$ 220,9 milhões no terceiro trimestre deste ano, alta de 12,2% sobre a receita de R$ 196,9 milhões em igual período do ano passado.

Briga entre Stone e Totvs

A Linx está envolvida em uma grande batalha entre Stone e Totvs.

O conselho de administração da Linx assinou contrato de venda para Stone no dia 11 de agosto, por R$ 6,04 bilhões. O negócio, contudo, provocou forte polêmica no mercado por envolver um pagamento diferenciado aos fundadores da Linx, por meio de acordos de não-competição com a Stone.

A Totvs entrou na disputa pela Linx com uma proposta de R$ 6,1 bilhões dias depois do negócio com a Stone, com uma oferta que não prevê pagamento adicional a conselheiros da empresa.

As duas empresas já divulgaram seus resultados trimestrais, com a Stone registrando alta de 30,2% no lucro líquido do terceiro trimestre, a R$ 249 milhões, com forte expansão na base de clientes ativos.

Totvs reportou lucro de líquido de R$ 79,3 milhões, queda de 9,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior. A empresa detalhou no balanço a operação em diversas frentes e comentou que uma possível combinação com a Linx teria um “forte racional estratégico em razão da alta complementariedade de mercados”.

VISÃO DO MERCADO

Ágora

A Ágora mostrou preocupação com a empresa. “A desaceleração no core business já era um ponto de preocupação, e confirma nossa visão de que no curto prazo há pouco espaço para melhorias , visto que os vetores de crescimento são: novos clientes; clientes existentes – abertura de novas lojas; clientes existentes – venda cruzada” afirma a Ágora em relatório.

Tais efeitos, aliados a um resultado financeiro fraco (impactado pela queda da taxa Selic e pelo aumento do custo da dívida no período) fazem com que o resultado financeiro da Linx caia fortemente.

Safra

“Apesar do bom desempenho da receita, o crescimento das despesas foi o destaque negativo do trimestre. A empresa tem demonstrado empenho no reforço do caixa e na redução de custos num contexto mais desafiador e, de facto, os Custos dos Serviços Prestados mantiveram-se sob controlo no período (diminuindo 350 bps para 24,6% em% da ROL). No entanto, em uma base trimestral, a evolução (de 70 bps) ainda é preocupante”, afirmou o Safra.

Safra mantém recomendação neutra para Linx, com preço-alvo de R$ 28,00.

VISÃO TÉCNICA


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Aprenda a analisar graficamente os seus ativos. Acesse: www.youtrade.pro.br

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações.
Clique e fale com o especialista da YouSave ou acesse www.yousave.com.br


FaleComEspecialista

Comentários

  1. Sérgio diz:

    Artigo sobre Linx (LINX3) 3T20 – muito mal redigido, ou seja, confuso. Precisa ser claro e bem objetivo: usar uma linguagem coloquial. Simples assim….

Deixe um comentário