MRV (MRVE3) 3T20: balanço traz receita líquida recorde

LinkedIn

Aumento das vendas, crescimento dos lançamentos e avanço de obras justificam uma receita líquida recorde de R$ 1,76 bilhão, alta de 12,2% no comparativo anual. Apesar disso, o lucro líquido da MRV retraiu 1,6%, ficando em R$ 158 milhões. A margem bruta saiu de 29,5% no 3T19 para 28,3% no 3T20, devido a descontos dados pela companhia em virtude da pandemia e ao aumento de custos com materiais de construção.

Os resultados da MRV (BOV:MRVE3) referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/11/2020.

Ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ficou em R$ 253 milhões, aumento de 1,9% na comparação com o mesmo período de 2019. A margem, porém, caiu 1,5 ponto percentual, para 14,4%.

→ A MRV Engenharia e Participações é uma das maiores empresas de construção e incorporação imobiliária do Brasil. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

A receita líquida da companhia no trimestre cresceu 12,2%, para R$ 1,76 bilhão.

Outras informações do Balanço

Pelo lado operacional, a MRV Engenharia acelerou os lançamentos depois do pior momento da pandemia e teve vendas recordes no terceiro trimestre – confirmando que o mercado imobiliário atravessa uma recuperação significativa.

De acordo com relatório já divulgado, os lançamentos foram de R$ 1,87 bilhão, avanço de 15%. As vendas bateram recorde pela terceira vez consecutiva. Foram comercializados R$ 1,97 bilhão, expansão de 41%.

Por outro lado, a MRV acumulou despesas gerais e administrativas de R$ 99 milhões, uma alta de 11,7%. A geração de caixa foi recorde, em R$ 306 milhões. Ainda assim, a empresa prevê uma “geração de caixa continuada”, levando em consideração a retomada à normalidade dos repasses dos recebíveis dos clientes para a Caixa Econômica Federal.

No fim do terceiro trimestre, a alavancagem medida por dívida líquida sobre patrimônio líquido ficou em 13,3%.

A MRV também revelou que a AHS, subsidiária americana da MRV, possui US$ 306 milhões de ativos em negociação, sendo divididos em: valor geral de vendas (VGV) no montante de US$ 199 milhões em fase de estabilização e US$ 107 milhões como parte do portfólio estabilizado da AHS. O banco de terrenos da subsidiária americana equivale ao VGV potencial de US$ 1,2 bilhão.

VISÃO DO MERCADO

O Credit Suisse classificou os resultados da MRV Engenharia como sólidos, com a empresa se posicionando para se beneficiar o máximo possível do cenário favorável, investindo em iniciativas digitais focadas na experiência do consumidor e diversificando suas operações para aumentar a presença no segmento de renda média. O banco elogia este esforço, e destaca que, levando em consideração as subsidiárias, 41% dos lançamentos e 16% das vendas da MRV não entram no Minha Casa Minha Vida.

O Credit Suisse se diz, no entanto, preocupado quanto à capacidade de a MRV ampliar suas margens, que estão abaixo da concorrência. Ele se mantém cauteloso quanto à capacidade da MRV de manter seus ganhos de mercado, já que a empresa vem aplicando descontos.

Credit Suisse mantém recomendação neutra para a ação da MRV, com preço-alvo de R$ 21,50.


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

VISÃO TÉCNICA

Aprenda a analisar graficamente os seus ativos. Acesse: www.youtrade.pro.br

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações.
Clique e fale com o especialista da YouSave ou acesse www.yousave.com.br


FaleComEspecialista

Deixe um comentário