Balança comercial registrou déficit de US$ 572 milhões no começo de dezembro

LinkedIn

A balança comercial registrou déficit de US$ 572 milhões no começo de dezembro até domingo (6), informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (7).

O déficit acontece quando as importações superam as vendas externas. Quando ocorre o contrário, é registrado déficit comercial.

  • Na parcial deste mês, as exportações somaram US$ 3,747 bilhões, valor 6,3% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.
  • Já as importações totalizaram US$ 4,320 bilhões, com crescimento de 80,6% na mesma comparação.

Desvalorização do real faz Brasil bater recorde na importação de soja em 2020

No acumulado de dezembro, de acordo com dados oficiais, houve queda de 15,2% nas exportações de produtos agropecuários; crescimento de 6,8% nas vendas da indústria extrativa, e alta de 12,4% na indústria de transformação.

Já no caso das importações, foi registrado queda de 21% nas compras da agropecuária na comparação com o mesmo período do ano passado, e redução de 70,6% nas importações da indústria extrativa. Por outro lado, foi registrada uma alta de 97,7% nas aquisições da indústria de transformação.

Veja as principais altas de importação no começo desse mês:

  • Milho não moído, exceto milho doce (12,2%)
  • Especiarias (132,7%)
  • Soja (604,3%)
  • Minérios de cobre e seus concentrados (184,5%)
  • Minérios de alumínio e seus concentrados (419,9%)
  • Adubos ou fertiliantes químicos, exceto fertilizantes brutos (31,5%)
  • Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns (115,2%) e
  • Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes (20.671,1%)

No acumulado deste ano até 6 de dezembro, porém, a balança comercial registra superávit de US$ 50,464 bilhões, informou o Ministério da Economia.

O resultado é 5,1% maior que o saldo de US$ 48,036 bilhões registrado no mesmo período do ano passado.

De acordo com o governo, no acumulado deste ano, as exportações somaram US$ 195,303 bilhões (queda de 5,9% na comparação com o mesmo período do ano passado). A média diária foi de US$ 841 milhões.

As importações somaram US$ 144,839 bilhões, com recuo de 11,3% em relação ao mesmo período de 2019. A média diária foi de US$ 624 milhões.

Deixe um comentário